O Big Deal à Fair Play: Steven N’zonzi, o novo “patrão” da Roma

Rui MesquitaAgosto 19, 20183min0

O Big Deal à Fair Play: Steven N’zonzi, o novo “patrão” da Roma

Rui MesquitaAgosto 19, 20183min0
A AS Roma gastou 26M€ em N'zonzi, um médio defensivo francês, campeão do Mundo na Rússia! Mas o que pode o ex-Sevilla acrescentar aos romanos?

STEVEN N’ZONZI (SEVILLA -» AS ROMA)

Nome: Steven N’Kemboanza Mike Christopher N’zonzi

Idade: 29 anos

Nacionalidade: Francesa

Épocas fora de França: 9

Temporada 17/18: 41 jogos / 1 golo

Valor de Mercado: 30 milhões de euros

Valor da Transferência: 26,65 milhões de euros

A AS Roma ficou-se, na última temporada, pelo terceiro lugar da Serie A. O lugar não está tão longe dos objetivos do clube mas a diferença pontual para os dois primeiros (14 pontos para o 2º classificado Nápoles) fez soar os alarmes. A Serie A está mais forte (a chegada de Cristiano Ronaldo é apenas o exemplo maior) e Roma não se deixou ficar para trás.

Assim, o clube da capital italiana despendeu mais de 26M€ para fazer chegar um médio de créditos firmados à sua equipa. N’zonzi chega depois de 9 épocas fora do seu país de nascimento. 3 épocas em Espanha (em Sevilha) e, antes disso, 6 em Inglaterra.

A sua carreira na Premier começa em 2009 quando o Blackburn pagou cerca de 500mil€ ao Amiens para o levar para Inglaterra. A descida de divisão dos Rovers levou à transferência de N’zonzi para o Stoke City. Mais 3 épocas na Premier de nível bastante bom levaram o Sevilla a pagar 8M€ ao Stoke para levar o francês para Espanha.

Também na La Liga ficou 3 anos até, agora, ser alvo de uma das maiores transferências da Serie A. Mas o que pode trazer N’zonzi à equipa romana?

O médio defensivo francês usa o seu poderio físico (1,96m de altura) para, não só dominar o jogo aéreo como, com a bola no chão, se impôr perante os adversários. A sua altura permite-lhe uma passada larga que o faz chegar quase sempre primeiro a todos os lances. É excelente a fazer dobras tanto aos centrais como aos laterais, funcionando como âncora da equipa.

Defensivamente comete poucas faltas usando um posicionamento e velocidade acima da média para resolver os lances. Ofensivamente, N’zonzi é a primeira linha de construção da sua equipa. Usa a já mencionada passada larga para progredir com bola e é dono de uma visão de jogo fantástica! É recorrente vê-lo a fazer passes milimétricos para os homens da frente, apanhando o adversário em contra-pé.

Como médio defensivo N’zonzi não é um goleador. Nas últimas 9 épocas fez 20 golos em 352 jogos realizados. Ainda assim é um elemento perigoso no jogo aéreo e na chegada à área. Possui um remate de meia distância forte que pode surpreender a defensiva adversária.

N’zonzi chega a Roma com a ambição de conquistar títulos. Na chegada a Sevilha conquistou logo a Liga Europa na mítica final frente ao Liverpool de Klopp. Este é, ainda assim, o único título do francês a nível de clubes. Com a sua seleção, N’zonzi conquistou o Mundial de 2018 onde fez 50 minutos como suplente utilizado.

O médio francês espera, aos 29 anos, dar um salto e ser o novo “patrão” do meio-campo de uma das principais equipas da Europa!


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter