Rangers FC: a invencibilidade que faz sonhar os adeptos

Pedro SousaNovembro 1, 20205min0

Rangers FC: a invencibilidade que faz sonhar os adeptos

Pedro SousaNovembro 1, 20205min0
O Rangers FC de Steven Gerrard ainda não perdeu esta época e assim pretende continuar. Mas como chegou aqui? Quais as suas estrelas? O Pedro Sousa do Bola na Relva explica tudo!

Pedro Sousa é autor do projeto Bola na Relva e colaborador do Fair Play!


Há uma equipa que está a espantar o futebol das ilhas britânicas e não só. O Rangers FC é a única formação de um campeonato inglês ou escocês que ainda não perdeu nesta temporada. Quem é que comanda “os protestantes”? Steven Gerrard. O antigo internacional inglês é um líder e um ganhador. Aceitou o desafio de treinar uma equipa que anda à procura de voltar ao topo do futebol escocês e os resultados estão à vista. Zero derrotas esta temporada em jogos oficiais.

Das profundezas até ao topo

Há uns anos, enquanto Glasgow Rangers, o principal rival do Celtic entrou em insolvência, o que acabou em falência. Foi, então, que nasceu o Rangers Football Club. Decorria o ano de 2011 e os adeptos dos protestantes estavam conscientes que faltava um logo caminho para voltarem ao topo. O regresso ao principal escalão deu-se apenas em 2016, mas ainda faltava cobrir o bolo com recheio: fazer frente ao rival da cidade.

O Celtic aproveitou a ausência do clube vizinho e sustentou mais o domínio no futebol escocês. Vários títulos consecutivos (campeonatos e taças) dos rivais deixaram os adeptos do Rangers FC sedentos de triunfos. Foi, então, que chegou a Glasgow Steven Gerrard. O inglês substituiu o português Pedro Caixinha no comando técnico dos azuis e após uma carreira de jogador ligada, principalmente, ao Liverpool FC, o treinador de 40 anos tem o primeiro grande desafio no papel de técnico principal. Esteve no emblema de Merseyside a comandar a formação de sub-18 e mudou-se para a Escócia à busca de sucesso. Vai para a terceira temporada e o registo é bastante positivo. Nas primeiras duas épocas terminou em segundo, é certo, mas foi reduzindo cada vez mais o fosso para o Celtic. Próxima tarefa: assegurar o título.

Steven Gerrard é o treinador em foco na Escócia (Foto: Getty Images)

A época vai no início, mas há registos importantes

É um facto que ainda estamos no início de uma longa e dura temporada. Porém, também é certo que o registo neste início de ano desportivo não pode ser deitado para o esquecimento. São 17 jogos, 15 vitórias e apenas dois empates para o Rangers FC. Com isto, o emblema de Glasgow é a única equipa da Escócia e de Inglaterra com zero derrotas. Líder do campeonato e bem posicionada no grupo da Liga Europa, onde é adversária do SL Benfica, a equipa de Steven Gerrard está a entrar a todo gás na época 2020/2021. Até onde pode chegar? Os adeptos querem ter algo para festejar no final do ano desportivo e colocar, de uma vez por todas, a cereja no topo do bolo.

Porém, o registo da equipa não é de registo só nesta temporada. Desde que está na liderança do clube, Steven Gerrard tem 130 jogos, 82 vitórias e 29 empates, onde a equipa marcou 265 golos e sofreu 85. Porém, há outro registo que merece destaque. Na Liga Europa, o Rangers FC realizou 37 jogos, onde tem uma percentagem de vitórias de 54,05%. Esta época são cinco partidas e cinco triunfos. Chegará para o título?

A base da equipa que Gerrard montou

Quando um treinador assume uma equipa, o normal é implementar as suas ideias e construir uma base para o futuro. Steven Gerrard não fugiu à regra. Desde o início desta aventura na Escócia, o antigo capitão do Liverpool apostou em determinados jogadores para colocar em prática o que pretendia.

Alfredo Morelos, uma das estrelas da equipa (Foto: The FA)

Jogadores como James Tavernier, Borna Barisic, Nikola Katic, Connor Goldson Glen Kamara, Steven Davies, Scott Arfield, Ryan Jack, Ryan Kent, Jermain e Alfredo Morelos são peças chaves neste crescimento nos últimos dois anos e meio. Por isso, Steven Gerrard tem as ideias bem delineadas. Puxo dois exemplos. Os jogos frente a FC Porto e SC Braga, na última época para a Liga Europa. Os escoceses não perderam nenhum jogo frente aos clubes portugueses, tendo registado três vitórias (duas frente ao SC Braga e outra diante do FC Porto) e um empate. A postura nos dois jogos, contudo, foi diferente.

Nas partidas frente ao FC Porto, a equipa de Glasgow dividiu o jogo com os portistas, tendo terminado as duas partidas com percentagens de posse de bola idênticas. Já frente ao SC Braga, numa altura diferente da época, os comandados de Steven Gerrard deram iniciativa aos bracarenses, mas sempre à espera de um erro do adversário e sempre muito coesos e organizados no processo defensivo. No ataque, formam implacáveis. Venceram os dois encontros diante dos braguistas.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter