Mundial da Rússia 2018: Matić, o equilíbrio e consistência da Sérvia

Rafael RibeiroMaio 17, 20182min0

Mundial da Rússia 2018: Matić, o equilíbrio e consistência da Sérvia

Rafael RibeiroMaio 17, 20182min0
Nemanja Matić é o pilar da seleção da Sérvia neste mundial. Junto de Kolarov, Ivanovic, Nastasic e jovens promessas, ele jogará para escrever uma nova história desta seleção em Copas do Mundo.

Nemanja Matić

 

Idade: 29 anos

Clube: Manchester United (Inglaterra)

Posição: Médio defensivo/Médio central

Internacionalizações/golos: 36/2

Conquista mais importante na carreira: Campeonato Inglês (09/10, 14/15 e 16/17 – Chelsea)

 

“Leal, consistente e ambicioso. Um jogador de grupo”. Foi assim que José Mourinho definiu o médio defensivo em sua apresentação no Manchester United, atual clube. O Special One é quem batalhou por sua contratação, após trabalhar com o sérvio no Chelsea, em um de seus melhores momentos, em 2015. A saída de Matić dos Blues para os Red Devils foi considerado motivo para a queda de rendimento do Chelsea, principalmente pela fragilidade defensiva após a saída do jogador.

 

Estas características são consideradas essenciais para o trabalho da seleção sérvia, segundo o treinador Mladen Krstajic. Uma de suas primeiras mudanças na seleção foi eleger Kolarov como seu capitão, herdando o comando do lateral Ivanovic, assim como eleger Matić como seu segundo capitão e homem de confiança dentro de campo. A Sérvia é mais uma seleção no grupo E, e brigará com Brasil, Suiça e Costa Rica por uma vaga inédita nos playoffs do Mundial, já que compete desde 2010, e não passou da primeira fase.

 

A certa experiência de Matić, Kolarov e até mesmo de Nastasic (destaques da Sérvia na Europa), a seleção contará com jovens promessas como Milinkovic-Savic e Dusan Basta (ambos da Lazio). Por isso, a segurança de Matić, aliado ao bom passe para saída de bola, serão bons aliados dos mais jovens. Por executar muito bem a função de médio defensivo e médio central é que vem se destacando no Manchester United. Mas sua formação passa muito pelo tempo em que atuou pelo Benfica, após ter sido descoberto pelo próprio Chelsea em 2009. Pelo time português, sagrou-se campeão nacional em 13/14, além de conquistar a Taça de Portugal e a taça da Liga.

Outros destaques da Sérvia: Ivanovic (Zenit), Grujić (Liverpool), Kolarov (Roma) e Nastasic (Schalke 04).


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter