Os “Lisbon Lions” de 1967 ou como o Celtic ganhou a Europa


Os “Lisbon Lions” de 1967 ou como o Celtic ganhou a Europa

O mítico Celtic de Glasgow venceu a "sua" Taça dos Campeões Europeus em Lisboa, num jogo em que partia como underdog! Descobre como o conseguiram!

Os favoritos nem sempre ganham

Ainda no túnel do Estádio Nacional, parecia que o jogo já estava decidido. O Inter de Milão era uma equipa mais forte e mais experiente e no seu onze inicial tinha jogadores como Giancinto Facchetti, Sandro Mazzola e Angelo Domenghini que estavam na equipa da “European All-Stars”. O Celtic em comparação, apareceu pálido, mais pequeno e parecia um bloco de gelo escocês que ia derreter na tarde de sol em Lisboa.

Quando Mazzola converteu uma grande penalidade aos seis minutos após falta de Jim Craig sobre Renato Cappellini, poucos acharam possível que o escoceses tivessem alguma chance contra o estilo defensivo italiano denominado de “catenaccio”. Liderados pelo inigualável Facchetti, o conjunto de Milão foi o pioneiro no “jogo cauteloso”, defendia com muita gente e contra atacava com toda a velocidade.

O Celtic venceu e Lisboa a sua única Taça dos Campeões (Foto: Pinterest)

O ponto de viragem aconteceu após uma hora de jogo, quando Craig combinou com Bobby Murdoch e criaram uma oportunidade de golo que foi convertida com toda a confiança por Tommy Gemmell. O Inter ficou abalado com o golo concedido e apressadamente tentou mudar o seu estilo de jogo, mas nunca conseguiu voltar a aumentar o ritmo. O jogo parecia estar a caminho do tempo extra, mas um remate cruzado de Stevie Chalmers à entrada da grande área deu vantagem ao Celtic quando faltavam apenas seis minutos para o final da partida.

Talvez tenha sido sorte, mas também houve muito mérito dos “Bhoys” pela fantástica exibição que fizeram em Lisboa. Os italianos, os ultra favoritos, acabaram por não conseguir sobreviver à paixão e à entrega da equipa de Glasgow.

Factos:

  • O Celtic foi a primeira do Reino Unido a vencer a Taça dos Clubes Campeões Europeus. Bateu o Manchester United por um ano, já que os Reds venceram a edição seguinte em 1968.;
  • Tommy Gemmell voltou a marcar na final da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1970, mas o Celtic perdeu para o Feyenoord por 2-1;
  • O Inter não conseguiu vencer a sua terceira final da Taça dos Campeões. Havia ganho as finais de 1964 e 1965;
  • Um verdadeiro triunfo para a cidade de Glasgow, toda a equipa do Celtic nasceu numa área de 20 km em volta da cidade Glasgow;
  • O Celtic na época 1966/67 venceu mesmo tudo o que havia para ganhar, junto à conquista da Taça dos Campeões as vitórias domésticas no Campeonato da Escócia, Taça da Escócia e Taça da Liga Escocesa;

Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter