Josef Martínez – O novo goleador máximo da MLS

Diogo MatosAgosto 25, 20185min0

Josef Martínez – O novo goleador máximo da MLS

Diogo MatosAgosto 25, 20185min0
Bater o recorde de golos de um campeonato não está ao alcance de qualquer jogador, ainda para mais quando faltam jogar oito jornadas. Com 28 tentos em 26 jogos, Josef Martínez é o novo melhor marcador da MLS.

24 de agosto de 2018 (data local), Florida. No Orlando City Stadium, os Orlando City recebem os Atlanta United, num jogo a contar para a 26ª jornada da Major League Soccer. Depois de Leandro González-Pírez ter aberto o marcador para os forasteiros, Scott Sutter fez o empate para os da casa ainda na primeira parte. Quando a igualdade parecia querer perdurar no encontro, eis que surge Josef Martínez. Após uma boa combinação entre Hector Villalba e Julian Gressel, o polivalente jogador alemão deixou a bola em Martínez que, depois de tirar Spector do caminho, fez um subtil “chapéu” ao guarda-redes Joe Bendik, fixando assim o resultado final em 2-1 para os Atlanta United. Para além de ter assegurado os três pontos para a sua equipa, Josef Martínez tornou-se no primeiro jogador da MLS a marcar 28 golos numa única edição da fase regular da prova. O avançado venezuelano superou assim o registo de 27 golos de Roy Lassiter (1996), Chris Wondolowski (2012) e Bradley Wright-Phillips (2014), tudo isto quando ainda faltam jogar oito partidas da fase regular da edição 2018 da Major League Soccer…

 

Quem é Josef Martínez?

 

Nascido na cidade venezuelana de Valencia, Martínez conta atualmente com 25 anos. Criada no seio de uma família de futebolistas- tanto o avô como o pai praticaram a modalidade-, o jogador dos Atlanta United começou a carreira como guarda-redes. A aventura do pequeno Josef na posição mais recuada do terreno foi curta, tendo o atleta passada a atuar como avançado pouco tempo depois de ter iniciado o seu percurso futebolístico.

Josef Martínez estreou-se como profissional pelo Caracas FC, uma das equipas mais conceituadas da Venezuela. Após duas temporadas interessantes no seu país natal, o então jovem de 18 anos transferiu-se em 2012 para o Young Boys da Suíça. Sem muito espaço no plantel da formação helvética (apesar de ter sido neste período que foi convocado pelo primeira vez para a seleção nacional), Martínez acabou por ser emprestado durante meia época ao Thun. Os 12 golos em 50 jogos na temporada 2013/2014 despertaram o interesse do Torino, tendo o clube italiano pago cerca de três milhões de euros para assegurar a contratação do avançado venezuelano. Apesar de a primeira temporada de Josef Martínez em Itália ter sido positiva- sete golos em 40 partidas-, a chegada de Andrea Belloti ao Torino em 2015/2016 relegou Martínez para o banco de suplentes de forma mais regular.

Josef Martínez atuou no Torino antes de rumar à Major League Soccer (Fonte: Dirty South Soccer)

 

À procura de um novo desafio para relançar a carreira, o goleador venezuelano acabou por aceitar a proposta dos Atlanta United, equipa recém criada e que iria disputar a Major League Soccer. A decisão não se podia ter revelado mais acertada, tanto para o jogador como para o clube. Na sua primeira temporada às ordens de Tata Martino, Josef apontou 20 golos em 21 jogos, não tendo este registo sido melhor devido a uma lesão que o afastou dos relvados durante dois meses.

Já na presente edição da competição, o ponta-de-lança de 25 anos tem-se apresentado numa excelente forma, tendo acabado por bater o recorde de golos numa única temporada da MLS. Em 26 jogos, ,Martínez já fez balançar as redes adversárias por 28 ocasiões. O feito do ex-Torino ganha ainda mais contornos de extraordinário quando se pensa que ainda tem oito jogos para disputar na fase regular.

 

Josef Martínez em análise

 

São vários os aspetos que permitem que Josef Martínez se destaque tanto na MLS. Em primeiro lugar, as próprias qualidades do avançado fazem a diferença. Extremamente rápido, o sul-americano tem ainda uma grande capacidade de aguentar o choque com os defesas adversários. Para além disto, o jogador dos Atlanta United possui um excelente jogo aéreo e tem o instinto “matador” que caracteriza os grandes avançados.

Tal como o internacional venezuelano já afirmou, as características da liga também permitem que este se evidencie. Enquanto o rigor tático e a organização defensiva são a norma na Serie A italiana, a maior “desorganização” defensiva da MLS (que permite mais transições) acaba por favorecer o ex-Torino.

Por fim, é impossível não se referir a qualidade dos seus companheiros de equipa. Sendo certo que Julian Gressel e Miguel Almirón são os maiores companheiros de Martínez, isto na medida em que são os jogadores que mais assistem o avançado, a verdade é que jogadores como Asad (na temporada passada), Barco (este ano) e Villalba acabam por facilitar bastante o trabalho de Martínez.

Martínez e Almirón são uma das melhores duplas da MLS (Fonte: MLS Soccer)

 

Aos 25 anos, Josef Martínez vai passeando classe pelos estádios da MLS. Apesar de este estar em “ponto rebuçado” para regressar à Europa, a verdade é que os adeptos da Major League Soccer agradecem enquanto o jogador permanecer em Atlanta. A única certeza que se pode ter é que, independentemente do país ou do continente, o avançado venezuelano vai continuar a atormentar as defesas adversárias.

Artigo escrito por Diogo Matos, administrador e fundador da página MLS Portugal.

 


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter