Eddie Howe: o próximo dono da cadeira de Old Traford?

Pedro SousaOutubro 19, 20185min0

Eddie Howe: o próximo dono da cadeira de Old Traford?

Pedro SousaOutubro 19, 20185min0
Eddie Howe é um treinadores mais promissores da Premier League mas será o sucessor de José Mourinho? Terá estofo para comandar os Red Devils? Descobre aqui!

Pedro Sousa é autor do projeto Bola na Relva e colaborador do Fair Play!


O inglês que comanda o AFC Bournemouth é um dos muitos candidatos para assumir o lugar de José Moutinho, caso o português abandone o Teatro dos Sonhos. Depois de subidas consecutivas pelo modesto clube inglês, Eddie Howe consolidou o emblema na Premier League e, esta temporada, está a fazer um excelente arranque de época. Será o Vitality Park o palco de Howe até ao final da temporada?

Da League One até à Premier League foi um “tirinho”

Eddie Howe tem uma ligação forte com o AFC Bournemouth. Realizou 311 partidas pelos Cherries, marcando 15 golos. O antigo defesa já era um líder dentro das quatro linhas. Quando passou para o lado de fora, Howe começou a carreira de treinador em 2008/2009, precisamente no Bournemouth. O emblema do sudoeste de Inglaterra estava na League Two (quarto escalão inglês). Na segunda época conseguiu subir o clube de divisão. Na terceira temporada ao comando do Cherries, a meio da temporada, assinou pelo Burnley, que atuava um escalão acima.

A ascensão de Howe pode, brevemente, levá-lo a outros palcos (Foto: Mirror)

Mas o futuro juntou novamente o caminho de Eddie Howe e o seu Bournemouth. Em outubro de 2012 assumiu o comando técnico e, até aos dias de hoje, ainda lá permanece. A ascensão do clube foi incrível. Duas subidas consecutivas colocaram as pessoas da cidade em alvoroço.

Já na Premier League, o emblema vive dias de estabilidade. Na quarta época consecutiva na primeira divisão do futebol inglês, o treinador estabeleceu o clube junto dos melhores de Inglaterra. Toda a gente sente receio em jogar no Vitality Park. Os Cherries são capazes de bater o pé a qualquer emblema. Isso deve-se ao trabalho que o inglês de 40 anos fez no emblema.

O sistema que levou Eddie à Premier League

O treinador inglês tem um sistema de jogo muito definido desde o tempo que chegou ao Vitality Park. O 4-2-3-1 é a forma de jogo preferida do jovem técnico. O 4-4-2 e uma formação com três centrais também são comuns na equipa do AFC Bournemouth. Dentro destes sistemas existem sempre várias nuances de jogo e é isso que, por vezes, faz a diferença.

Eddie Howe tem os jogadores com ele. Isso permite mudar muitas vezes as táticas, mas há uma coisa que nunca troca: a entrega ao jogo. Os Cherries podem estar a perder por 5 golos, mas os jogadores continuam a lutar pela vitória. Isto é um fator que vai muito para além dos sistemas e das nuances táticas.

No setor mais recuado, Howe aposta muito na raça e no querer. Seja contra o Liverpool fora, seja contra o Cardiff em casa, o jovem técnico quer a sua equipa a jogar no limite. No ataque, as constantes movimentações dos jogadores mais ofensivos e as subidas dos laterais, por vezes, criam dificuldades à equipa adversária, contudo, essas movimentações rápidas, custam golos na sua baliza. Quando os adversários recuperam a bola, os Cherries estão fora de posição e demoram a recuperar. Esta é a principal fraqueza do emblema inglês.

A relação com os jogadores é um dos pontos fortes de Howe (Foto: Getty Images)

Howe construiu uma equipa à sua imagem. Jogadores rápidos na frente, como são os casos de Callum Wilson, Ryan Fraser e Joshua King, e jogadores fortes fisicamente e com um sentido de posição muito forte. Steve Cook, Nathan Aké e Simon Francis são belos exemplos disso. Mas esta forma de jogar cabe num clube como o Manchester United?

Rumores de mercado: Do Manchester United até ao Aston Villa

Eddie Howe é um dos treinadores do momento na Premier League. Associado a vários emblemas ingleses, os últimos rumores apontaram para as cidades de Birmingham e Manchester. O Aston Villa despediu Steve Bruce e o nome do jovem técnico do Bournemouth veio ao de cima. Contudo, o facto de jogarem no segundo escalão, afastou, desde logo, os caminhos do treinador e do emblema de Birmingham.

Agora surge, constantemente, o banco do Manchester United como possível destino de Howe. José Mourinho está sob pressão e o técnico de 40 anos, juntamente com Zidane, é um dos principais candidatos ao Teatro dos Sonhos. O impressionante trabalho que está a realizar no clube do sudoeste de Inglaterra, dá bastante credibilidade a Eddie. Contudo, a inexperiência num emblema que lute por títulos, pode ser um fator desfavorável. A forma de jogar do AFC Bournemouth também pode ser um entrave à contratação do mister.

Sera Eddie Howe o próximo treinador do Manchester United? (Foto: Daily Express)

Os adeptos dos Red Devils querem futebol ofensivo e dominador. Será que Eddie Howe é capaz de oferecer isso aos fãs sedentos por vitórias e títulos? Na minha opinião, Howe merece uma oportunidade num clube de maior dimensão. Mas penso que o Manchester United não dá a tranquilidade e o tempo que ele precisa para implantar o seu “cunho” na equipa.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter