Terá o Chelsea o melhor trio de médios da Premier League?

Pedro SousaAgosto 30, 20184min0

Terá o Chelsea o melhor trio de médios da Premier League?

Pedro SousaAgosto 30, 20184min0
O Chelsea investiu 160M€ nos seus 3 médios: Kante-Jorginho-Kovacic. Terão os blues o melhor "miolo" da Premier League?

Pedro Sousa é autor do projeto Bola na Relva e colaborador do Fair Play!


Esta temporada para o Chelsea FC não trouxe só um treinador novo. Maurizio Sarri chega a Stamford Bridge para revolucionar o futebol do Blues e cortar com o paradigma do estilo Conte. O treinador italiano conseguiu colocar uma equipa, também italiana, no topo das que melhor atacam na Europa.

O Nápoles de Sarri ficou em segundo lugar na Serie A com o futebol mais ofensivo praticado nos últimos tempos no país transalpino. Agora, no Chelsea, Sarri quer impor o mesmo futebol e promoveu algumas mudanças na equipa. A maior modificação que destaco é no centro do terreno, a sala de máquinas da equipa.

Sarri chegou a Londres para revolucionar a equipa do Chelsea (Foto: MaisFutebol)

O desejo de Sarri tinha um nome: Jorginho

O jogador brasileiro que se naturalizou italiano foi um pedido expresso do ex-treinador do Nápoles. Quando chegou ao sul de Itália, Jorginho já estava no clube, mas foi o “manager” que tirou o melhor proveito do médio.

Conhecendo bem as suas características, mal chegou a Stamford Bridge, Maurizio pediu a contratação da sua coqueluche. Já com um pé no Manchester City de Guardiola, Roman Abramovich, numa operação relâmpago, desviou o jogador do treinador catalão. Podemos dizer, pela primeira amostra, que fez bem em ceder aos desejos de Sarri. Jorginho chegou, treinou e impôs-se no onze.

Jorginho foi um pedido expresso do treinador italiano (Foto: Talk Chelsea)

Para vermos a sua influência na equipa londrina, tomamos como exemplo a última partida frente ao Newcastle. O ítalo-brasileiro tocou 186 vezes na bola, completou 158 passes com uma eficácia de 91.3% no passe. Para percebemos a imensidão de toques, todos os jogadores dos Magpies completaram apenas 131. Este registo de Jorginho entrou no top-3 dos jogadores que maior quantidade de passes fizeram numa partida da Premier League. Este foi apenas o terceiro jogo do centrocampista no campeonato inglês.

Kovacic eleva o meio campo do Chelsea para outro patamar

O médio do Real Madrid pediu para sair. Meia europa andou atrás dele, mas foi o Chelsea a vencer o concurso do jogador croata. O finalista do último mundial acrescentou muita qualidade ao meio campo dos londrinos. A estreia a titular foi contra o Newcastle e os adeptos do clube de Londres ficaram encantados com a conexão demonstrada entre ele e a estrela da equipa, Eden Hazard. Tocou menos na bola do que Jorginho, mas acertou mais passes que o parceiro do meio campo.

Kovacic quer relançar a carreira em Inglaterra (Foto: goal.com)

O croata pode trazer mais qualidade ao último terço do meio campo. Tapado por Modric e Toni Kroos no Bernabeu, Kovacic pode, finalmente, explodir e dar um passo importante rumo à afirmação no futebol europeu. Só falta aprimorar a finalização. Se conseguir isso, os adeptos dos pensionistas podem esperar uma grande época de Kovacic de azul.

Não esquecer N’golo Kanté

O único elemento do trio que já estava no clube. O campeão do Mundo pela França é o parceiro ideal para Jorginho e Kovacic. O francês pode agora preocupar-se, apenas, nas tarefas defensivas e deixar as ofensivas para os dois companheiros do setor intermédio.

O ítalo-brasileiro e o croata têm em Kanté o guarda costas ideal para se soltarem para o ataque. Podem considerar o francês como sendo o seu melhor amigo dentro das quatro linhas. Mas o francês também tem boa chegada à frente, mas Sarri vai pedir-lhe para se conter, assim dando mais equilíbrio à formação de Londres.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter