10 momentos que marcaram a edição de 2019 da MLS

Diogo MatosNovembro 17, 20194min0

10 momentos que marcaram a edição de 2019 da MLS

Diogo MatosNovembro 17, 20194min0
No ano que coroou os Seattle Sounders como novos campeões da Major League Soccer, a MLS Portugal e o Fair Play selecionaram dez dos momentos mais marcantes da competição.

Depois de mais um ano de emoção, espetáculo e golos na Major League Soccer, a MLS Portugal e o Fair Play reuniram os dez momentos que mais marcaram a edição de 2019 da prova.

 

1- Conquista do título por parte dos Seattle Sounders

Falar-se dos melhores momentos de uma competição sem se referir o campeão é uma tarefa praticamente impossível. Sendo certo que os Seattle Sounders não eram apontados como favoritos à vitória, a verdade é que Brian Schmetzer conseguiu potenciar ao máximo o seu plantel, levando o conjunto do estado de Wasshington à segunda triunfo na Major League Soccer em apenas quatro anos. Na final, os Sounders bateram os Toronto FC por 3-1.

 

2- Eliminação dos Los Angeles FC

Apontados de forma quase unânime como favoritos à conquista do título de campeões, os Los Angeles FC acabaram eliminados pelos Seattle Sounders na final da Conferência Oeste. O conjunto comandado por Bob Bradley teve uma fase regular irrepreensível (somaram apenas quatro derrotas), mas acabou por sucumbir na fase decisiva da temporada.

Os LAFC de Carlos Vela ficaram aquém das expectativas (Fonte: FMF Stade of Mind)

 

3- Recorde de golos de Carlos Vela

A primeira época de Carlos Vela na MLS (2018) foi de grande nível, mas o que dizer da segunda? O mexicano atravessa, porventura, a melhor fase da carreira, tendo terminado a temporada com 34 (!) golos apontados na fase regular (o anterior recorde, 31, pertencia a Josef Martínez). Apesar disso, o ex-Arsenal mostrou que é muito mais do que um simples finalizador, sendo também um dos principais responsáveis pela manobra ofensiva dos LAFC.

 

4- Nani em grande nível

Apesar de só ter chegado à Major League Soccer já depois de o campeonato ter começado, Nani assumiu-se rapidamente como uma das pedras basilares dos Orlando City. O internacional português terminou a época com 12 golos e 10 assistências, sendo o primeiro jogador da história do clube a chegar à dezena de golos e assistências na mesma temporada. O ano de 2020 tem tudo para ser ainda melhor para o extremo de 33 anos.

 

5- 1ª vitória dos Los Angeles FC no El Tráfico

Pode ter nascido apenas em 2018, mas é já uma das maiores rivalidades da Major League Soccer. Os LA Galaxy e os Los Angeles FC foram duas das equipas em maior destaque na última temporada, tendo a equipa comandada por Bob Bradley conseguido a primeira vitória contra o rival ao cabo de seis jogos. O referido triunfo aconteceu nos quartos-de-final da prova (os LAFC venceram por 5-3).

 

6-  Adeus de Wayne Rooney e Zlatan Ibrahimovic

Chegaram com rótulo de estrelas internacionais, mas mostraram que ainda têm muito para dar ao mundo do futebol. Wayne Rooney e Zlatan Ibrahimovic podem não ter conquistado nenhum troféu na sua estadia na Major League Soccer, mas foram dos jogadores mais influentes dos DC United e dos LA Galaxy. O inglês vai rumar ao Derby County; o sueco, por seu lado, ainda não tem o seu futuro definido.

 

7- Afastamento de Brian Fernandez

Chegou aos Portland Timbers como Designated Player e, no plano desportivo, cumpriu com as expectativas (11 golos em 19 partidas). O problema esteve no plano fora de campo… com um historial de abuso e substâncias, incluindo cocaína, o avançado argentino foi afastado da equipa dos Portland Timbers no início de outubro, juntando-se depois ao programa da competição dedicado a jogadores com problemas desta índole. Perante o facto de ter falhado alguns testes anti-doping, a Major League acabou mesmo por pôr fim ao contrato de Brian Fernandez.

 

8- Fim de carreira de Nick Rimando e Tim Howard

Foram dois dos guarda-redes mais importantes nos Estados Unidos da América nas últimas duas décadas e terminaram a carreira este ano. Enquanto Rimando atuou sempre na MLS, Howard brilhou também em Inglaterra. Despediram-se dos relvados ao serviço dos Real Salt Lake e dos Colorado Rapids, respetivamente.

 

Tim Howard terminou a carreira esta temporada (Fonte: Sports Illustrated)

9- Despedimento de Mike Petke

A Major League Soccer é uma competição com muitas particularidades e isso ficou bem patente no passado mês de agosto. Após um jogo entre os Real Salt Lake e o Tigres, do México, o treinador Mike Petke terá proferido comentários homofóbicos contra o árbitro da partida. O clube não esteve com meias medidas e acabou mesmo por despedir o técnico…

 

10- Chegada de Brian Rodriguez

Apesar de ter chegado à Major League Soccer a meio da temporada, Brian Rodriguez assumiu-se como uma opção muito válida para os Los Angeles FC. Com a provável saída de Diego Rossi, o jovem de 19 anos tem todas as condições para se assumir como uma das coqueluches da competição em 2020.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter