Um Domingo de Milagres (ou corrupção) na Polónia inesquecível

João Ricardo PedroDezembro 11, 20196min0

Um Domingo de Milagres (ou corrupção) na Polónia inesquecível

João Ricardo PedroDezembro 11, 20196min0
Ficou conhecido com esse nome, mas acabou por ser o caso que lançou um manto de dúvidas e suspeitas sobre o campeonato polaco. O Domingo de Milagres de 1993 contado pela Enciclopédia do Desporto em Português

Legia de Varsóvia, Lech Poznan e LKS Lodz lutavam pelo títulos nacional. Antes da última jornada, o Legia liderava o campeonato em igualdade de pontos com o LKS Lodz, mas com um saldo positov de mais golos que o rival. Na última jornada, o Lodz jogou contra o Olimpia de Poznan e o Legia teve uma deslocação ao terreno do Wisla Cracóvia. Ambas as equipas venceram os respetivos jogos e por goleada, o LKS venceu por 7-1 e o Legia por 6-0, as vitórias gordas dos candidatos ao título levantaram de imediato suspeições de corrupção.

O Lech Poznan era o campeão em título e começou bastante bem a temporada. No entanto, após as duas derrotas e consequente eliminação diante do IFK Gotemburgo na Liga dos Campeões, o Lech perdeu alguma da vantagem que tinha sobre os rivais. Perto do final do campeonato também o técnico Henryk Apostel, deixou o comando da equipa por motivos de saúde e foi substituído por RomanJakóbczak. Estes resultados fracos da equipa do Lech fez com que a equipa entrasse para a última jornada com 46 pontos (menos um ponto que o LKS e Legia).

Jornada número 34

O técnico do Olimpia Poznan, Janusz Białek, montou uma equipa só com suplentes para jogar contra o LKS. No outro jogo entre o Wisla e o Legia também houve movimentações estranhas, o presidente do clube ofereceu inicialmente um prémio de 300 mil złoty, entretanto, o valor acabou por reduzido para 100 mil, desde que o Legia pagasse parte de Marcin Jałocha, jogador que no final da temporada iria trocar o Wisla pelo Legia.

Os jogos Legia e ŁKS foram jogados em simultâneo. A equipa da capital assumiu a liderança no marcador após o golo de Wojciech Kowalczyk aos oito minutos. No 21º minuto da partida em Łódź Andrzej Ambrożej marcava o primeiro golo para o ŁKS, e dois minutos depois Tomasz Wieszczycki aumentou a vantagem para 2-0. O Legia voltar a marcar aos 24 minutos por novamente por Kowalczyk.

O LKS ganhava ao intervalo por uma margem de três golos de vantagem. No segundo tempo, aos 48 minutos, Wieszczycki marcou outro gol pelo ŁKS. Em Cracóvia, aos 55 minutos do encontro, Dariusz Czykier marcou o terceiro golo para o Legia. Em Łódź, aos 61 minutos, o resultado foi ampliado por Tomasz Cebula . Em Cracóvia, após uma falta sobre Juliusz Kruszankin , Maciej Śliwowski , que marcou golos aos 66 e 69 minutos, marcou o último golo de penalti. Enquanto isso, em Łódź, aos 83 minutos, o golo de honra da Olimpia foi da autoria de Sławomir Suchomski . Um minuto depois, Cebula aumentou a vantagem para 6-1  e o resultado de 7-1 foi estabelecido em cima do minuto 90 por Ambrożej.

O tal 6-0 suspeito…

As consequências após o jogo

Ainda durante o jogo entre Wisła e Legia, os adeptos da equipa da casa pediram aos jogadores para abandonar as quatro linhas, devido ás suspeitas de corrupção que já pairavam sobre o jogo. Na verdade, as vitórias gordas do Legia e do ŁKS levantaram suspeitas de suborno.

O jornal diário ” Tempo ” escreveu que os jogadores do Wisła foram subornados com 800 milhões de PLN. Após os jogos da última jornada do campeonato da Polónia, a UEFA exigiu explicações da PZPN (Organismo que totela o futebol na Polónia) . No dia 21 de junho, no dia seguinte aos jogos, os quatro clubes envolvidos nos jogos que estavam sob suspeita de suborno foram punidos pela PZPN com uma proibição de transferência e uma multa de 500 milhões złoty, mas ainda assim, os resultados da última jornada foram mantidos. Essas decisões foram amplamente criticadas por Legia, ŁKS e Olimpia.

Dias mais tarde, a PZPN afirmou que na amostra de urina do jogador do Legia, Roman Zuba , foram detectados níveis aumentados de testosterona após a partida com Widzew (vitória do Legia por 2-1). Por isso, o clube de Varsóvia foi punido com a derrota no jogo, e o título foi entregue ao ŁKS. Uma segunda análise da amostra, realizada em Moscovo , não confirmou o uso de doping do jogador do Legia . No dia 10 de Julho de 1993, foi realizada a reunião na PZPN, durante a qual os delegados da PZPN expressaram opiniões diferentes sobre os jogos de Legia e ŁKS. O vice-presidente do sindicato – Ryszard Kulesza – acusou os dirigentes de tolerância à corrupção no futebol polaco, e afirmou que “toda a Polônia viu” que o Wisla foi subornado pelo Legia, esta posição foi apoiada por Zygmunt Lenkiewicz . Por outro lado, Maciej Kapelczak defendeu a posição de que as acusações contra Legia e ŁKS surgiram principalmente como resultado da insinuação dos jornalistas, e os castigos foram injustificados devido à falta de evidências.

Apesar da falta de provas claras, com 68 votos a favor, 20 votos contra e 11 abstenções, os resultados dos jogos Wisła – Legia e ŁKS – Olimpia foram anulados por “falta de espírito desportivo”, este foi o argumento oficial para aplicação do castigo. Com a anulação das vitórias de Legia e Wisla, o Lech Poznań foi declarado campeão da Polónia na temporada 1992-93. Após o anúncio da decisão, os jogadores do Legia Warsaw fizeram um apelo oficial a todos os jogadores da primeira divisão, e em particular aos do Lech Poznań, pela renúncia conjunta dos resultados da última jornada, mas os jogadores do Lech não acederam ao pedido. Após a decisão da PZPN, Michał Listkiewicz renunciou ao cargo de vice-presidente da associação. A decisão da PZPN também significou que Lech tivesdse que jogar a Liga dos Campeões, e Legia e ŁKS – na Taça UEFA . No entanto, a UEFA decidiu excluir Legia e ŁKS das competições europeias na temporada 1993-94. Além disso, Legia, ŁKS e Wisła foram penalizados com menos três negativos na temporada 1993-94.

A decisão da PZPN causou problemas financeiros ao Lech, Legia e ŁKS. Para Legia e ŁKS, a expulsão das provas européias teve como consequência a perda de receita direitos de transmissão e a venda de bilhetes para esses mesmos jogos. No entanto, Lech, que já tinha problemas financeiros na época, viu-se obrigado a pagar o bônus pela vitória no campeonato polaco.

Há controvérsia sobre se os jogos de Legia e ŁKS foram subornados. As alegações de suborno foram sempre rejeita por figuras que estiveram envolvidas nos jogos, entre as figuras, está o presidente da Olímpia – Bolesław Krzyżostaniak , jogadores do Legia – Juliusz Kruszankin e Wojciech Kowalczyk , jogador do LKS – Tomasz Wieszczycki ou árbitro – Michał Listkiewicz. Por outro lado, o guarda-redes suplente do Legia – Maciej Szczęsny – disse estar feliz por não ter recebido a medalha de campeão.

Entre 2004 e 2007, o Legia apresentou pedidos de anulação da decisão PZPN e de restauração do ttítulo de campeão da Polónia na temporada 1992/1993. No entanto, essas pretensões do Legia foram rejeitadas.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter