O super campeão de Israel: Maccabi Tel Aviv


O super campeão de Israel: Maccabi Tel Aviv

O futebol israelita ainda não despontou para voos superiores mas não deixa de ter os seus clubes mais históricos! Fica a saber as raízes e sucessos do Maccabi Tel Aviv

Neste artigo vamos viajar até ao estado de Israel para ficar conhecer um pouco sobre a equipa mais titulada do futebol israelita. O Maccabi Tel Aviv, venceu a Liga de Israel por 21 vezes, o que faz deles o clube recordista de títulos nacionais. Apesar do domínio a nível de vitórias e títulos conquistados nacionais e internacionais, a equipa de Tel Aviv é superada em número de adeptos pelo Maccabi Haifa.

Liga do Protetorado Britânico na Palestina

As origens do Maccabi Tel Aviv são mais antigas que a própria fundação do estado de Israel, assim como a conquista do primeiro título de campeão nacional. Até a declaração do Estado de Israel, que só aconteceu em 1948, a designação da competição era a Liga da Palestina.

Na competição participavam apenas equipas da comunidade judaica e membros das forças de autoridade britânicas, a comunidade muçulmana recusou-se a jogar futebol por ser o desporto dos invasores britânicos.

A primeira edição aconteceu na temporada 1931-32, na qual participaram as três principais equipas, o Maccabi Tel Aviv, Hapoel Tel Aviv e Maccabi Haifa, mas o campeonato acabou por ser ganho pela Polícia Britânica na Palestina.

A Liga da Palestina foi disputada desde 1931 até 1948, ano da declaração do estado de Israel, durante a II Guerra Mundial, a competição não se disputou em 1940-41 e na temporada 1942-43 não chegou ao final. O Maccabi Tel Aviv acabou por ser o segundo clube mais títulos neste período (4 títulos), foi superado pelo rival e vizinho, Hapoel Tel Aviv, que conquistou seis títulos.

Vitória na Campeonato Asiático de Clubes em 1969 e 1971

Maccabi Tel Aviv tem a particularidade de ser o único clube a competir nas competições da UEFA desta época, que foi já foi vencedor por duas vezes da Liga dos Campeões da Ásia.

Em 1954, Israel junta-se à Confederação de Futebol da Ásia, e tornou-se numa das melhores equipas do continente. A seleção nacional israelita sagra-se campeã asiática em 1964, após ter ficado na posição de vice-campeão em 1956 e 1960.

O Campeonato Asiático de Clubes, prova herdeira da atual Liga dos Campeões Asiática, foi organizado pela primeira vez em 1967, a primeira edição contou apenas com a presença de seis clubes. Hong Kong, Israel, Coreia do Sul, Tailândia, Vietname do Sul e Malásia foram as nações que enviaram os seus campeões para participar na prova. Os vencedores das duas primeiras edições foram clubes israelitas, o Hapoel Tel Aviv e o Maccabi Tel Aviv.

Em 1971, o Maccabi Tel Aviv defronta em Bangkok, o Al-Shorta SC do Iraque. Contudo a equipa do iraquiana recusa-se a jogar contra o Maccabi Tel Aviv em protesto contra a ocupação israelita na Palestina. Os jogadores do Al-Shorta entraram em campo com bandeiras da palestina e segundo os relatos dos jornalistas presentes no campo, foram bastante aplaudidos pelo publico tailandês.

Ambas as equipas foram recebidas em festa, tanto em Bagdade como em Tel Aviv, mas a AFC atribui apenas o título de Campeão da Ásia ao Maccabi Tel Aviv.

A situação política e militar entre Israel e os seus países árabes foi se deteriorando cada vez mais, a Associação de Futebol de Israel foi expulsa da Confederação de Futebol da Ásia por pressão dos países árabes em 1974.

Passado 18 anos, Israel volta ao futebol internacional, foi aceite pela UEFA em 1992, à semelhança do que já acontecia basquetebol, as equipas israelitas jogam nas provas europeias de clubes desde 1958, ano em que foi organizada pela primeira vez o “Campeonato da Europa de Clubes”. O Maccabi Tel Aviv ostenta no seu currículo seis conquistas da EuroLiga.

Maccabi Tel Aviv vencedor da Liga dos Campeões Asiática de 1971 (Foto: Wikipedia)

Liga dos Campeões 2004-05

O clube de Tel Aviv conseguiu alcançar a fase de grupos da Liga dos Campeões pela primeira vez na temporada 2004-05. Na fase de qualificação a formação israelita, eliminou o HJK e o PAOK. O Maccabi Tel Aviv venceu o primeiro jogo em Salónica por 2-1, mas o PAOK acabou por ser punido com derrota por 3-0 pela simples razão de ter utilizado um jogador que estava suspenso.

Os padrinho da estreia do Maccabi Tel Aviv na Liga dos Campeões foram a formação da Baviera, o Bayern Munique, ironicamente foi um dos clubes alemães que mais sofreu represálias durante o período nazi, por causa das suas ligações à comunidade judaica de Munique. O jogo terminou com vitória alemã por 0-1.

O Maccabi Tel Aviv realizou os jogos em casa no Estádio Nacional em Ramat Gan, apesar de não ser o seu estádio, a formação israelita fez deste estádio a sua fortaleza, em casa conseguiu vencer o Ajax por 2-1 e travou a Juventus com um empate a um golo.

Foto: Getty Images

Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter