21 Nov, 2017

Remo de Mar: Sporting e Fluvial juntam-se e trazem bronze do Mundial

Estevão PapeOutubro 21, 20172min0

Remo de Mar: Sporting e Fluvial juntam-se e trazem bronze do Mundial

Estevão PapeOutubro 21, 20172min0

O remo de mar é uma modalidade em claro crescimento mundial e nacional. Este ano o circuito nacional de remo de mar teve um boom com dezenas de atletas a competir em cada etapa. E para terminar esta boa época de remo de mar, quatro dos melhores atletas nacionais juntaram-se e foram até França, ao Campeonato do Mundo da modalidade. Da proposta de Cláudio Rodrigues, do Fluvial Portuense, surgiu um resultado inédito para Portugal e a medalha de bronze em CM4x+. Além do atleta do Fluvial, juntaram-se Nuno Coelho (Fluvial), Pedro Fraga (Sporting) e Nuno Mendes (Sporting) e António Rodrigues.

A prova disputou-se em Thonon les Bains, França, e teve dois dias de competição. No primeiro disputaram-se as eliminatórias e a equipa portuguesa deu boas referências ao vencer a sua prova. E no segundo dia, com condições sem vento e sem ondulação, alcançaram a medalha de bronze. Ao total competiram 37 tripulações de CM4x+.

Como referimos, a iniciativa surgiu de Cláudio Rodrigues que começou por convidar Nuno Mendes para a travessia das Berlengas a Peniche, na primeira etapa do circuito nacional de remo de mar. A dupla acabaria por vencer tanto a primeira como a segunda etapa, em Caminha. Na terceira etapa em Setúbal, Nuno Mendes fez equipa com Nuno Coelho, tendo a mesma vencido a prova. Na última e 4ª prova do circuito, o Cláudio Rodrigues voltaria a participar em CM2x, ficando em 2º lugar.

Além de todas estas participações, o atleta do Fluvial, Cláudio Rodrigues, já tinha participado no Mundial de Remo de Mar de 2016, fazendo equipa com Anthony Passos (Campeão Nacional de Remo de Mar CM1x 2017). A dupla terminou em 2º lugar na Final B, no Mónaco, 24º lugar da geral entre 58 equipas.

A equipa ficou bastante satisfeita e Nuno Mendes deixou em aberto mais participações nesta vertente. “Mas no final adoramos todos a experiência e ficam só entusiasmados para um próximo desafio” afirmou.

Deixamos algumas fotos cedidas pela Swift Racing, construtor de barcos que emprestou o barco à equipa portuguesa.

Mais informações e resultados do evento no site da FISA.

 


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS




Newsletter


Categorias


newsletter