22 Fev, 2018

Os Melhores ensaios do Super Rugby 17′

Francisco IsaacJulho 27, 20175min0

Os Melhores ensaios do Super Rugby 17′

Francisco IsaacJulho 27, 20175min0

As meias-finais estão prontas para “explodir”, mas muito aconteceu até a este ponto… 17 rondas, 15 jogos por equipa (mais um para os que se apuraram para os playoff), muitos ensaios, alguns de antologia… o Fair Play escolheu os seus 10 melhores ensaios da época 2017!

Não é nada fácil escolher os 10 melhores ensaios de uma época em que tivemos o prazer de ver 943 toques na área de validação. Seja dos Hurricanes, Lions, Sharks, Stormers, Jaguares ou outro qualquer, a época foi um autêntico show de “felicidades” no que toca aos ensaios. O Fair Play escolheu os seus 10… quais foram os vossos?

Não há ordem de melhor para pior, nem de ronda para ronda.

1- Sekope KepuWaratahs – Chiefs | Ronda 15

Quem é que não gosta de ver um 1ª linha a fazer uma maldade (ou várias)? Sekope Kepu, pilar da Austrália, fez “só” isto frente aos Chiefs… conseguirá fazê-lo frente aos All Blacks?

2- SP MaraisStormers – Chiefs | Ronda 7

Um dos jogos do ano, Stormers mantiveram (na altura) a sua invencibilidade frente aos vice-campeõe, Chiefs, num thriller que terminou num 34-26. Um dos ensaios do jogo (ainda houve outro de enorme qualidade) foi da autoria de SP Maraias, que começou tudo numa recuperação de bola de Kolbe, um pontapé de alívio e uma captação de Leyds que depois foi resolvido com um passe… bem vejam para darem o adjectivo correcto

3- Wes GoosenHurricanes – Reds| Ronda 12

Escolhemos este ensaio dos Hurricanes quando podíamos ter posto outros da mesma qualidade e do mesmo feitio. O cross-kick é uma das armas da equipa de Wellington, onde Beauden Barrett se destaca. Neste caso, um pontapé que sai da linha dos 50 e termina nos 22 e que pára exactamente nas mãos de Goosen (o ponta teve de subir e acelerar, mas a bola parece que foi “suavizada” para cair na perfeição) para o ensaio.

4- Izaia Perese | Reds – Waratahs| Ronda 10

Quade Cooper… um nome que lança tremor tanto pelo sentido positivo como negativo para os australianos. O abertura Wallaby, que já acumulou tantos erros como de pormenores fantásticos, criou um ensaio através de uma bela intercepção.

5- Damian McKenzie | Chiefs – Sunwolves| Ronda 10

Como não gostar de Damian McKenzie? O defesa dos Chiefs é um autêntico tormento para as defesas contrárias quando são apanhadas numa situação “fragilizada” no jogo mais ao largo. Dois ensaios (que contam só como um) de puro brilhantismo do 15!

6- Malcolm Jaer | Force – Kings| Ronda 7

Ora quantas vezes viram um jogador a receber a bola, fazê-la rodar sobre o seu corpo todo e depois assistir um colega de equipa? Lionel Cronjé, abertura dos Kings (que vão, ao que tudo indica, jogar na PRO12 na época que se segue), criou um dos ensaios mais estranhos de 2017. Como e porquê? Isso são mistérios da Oval.

7- Joe Powell | Hurricanes – Brumbies| Ronda 8

Os Brumbies realmente causaram sempre problemas aos Hurricanes durante a temporada… não foi só no jogo do playoff que assustaram os actuais campeões em título, mas também num jogo em casa dos neozelandeses já em Abril. Um ensaio magnífico que começa dentro da área de 22 dos Brumbies

8- Bjorn Basson | Kings Stormers| Ronda 3

Um ensaio do colectivo com vários pormenores e detalhes do total rugby: fintas, aberturas de espaço, 2×1, explosão, criatividade e génio. Especialmente no ponto final, Basson cai no chão, larga a bola e volta a poder agarrá-la mal se ponha de pé. Os Stormers foram uma das equipas que mais “animaram” a temporada 2017

9- Bill MeakesForce – Rebels| Ronda 16

A Western Force enfrentou uma temporada de graves preocupações, com a possibilidade de serem “expulsos” do Super Rugby e de nos últimos 10 anos de não terem conseguido um apuramento sequer para a fase final. No entanto, em 2017, a equipa de Perth deu a volta por cima, derrotou uma série de equipas, terminam num 12º lugar à frente dos Reds, Waratahs e Rebels. Este setpiece try (combinação ou jogada) a partir do alinhamento vale a pena tomar nota.

10- Tim Bateman| Bulls – Crusaders| Ronda 11

Os Crusaders dominaram a competição até… às meias-finais (pelo menos) com um rugby dominante, imponente e desafiador. Richie Mo’unga foi uma dos “Ases” da equipa de Christchurch em 2017, com uma série de ensaios ou assistências. Para além disso, a compreensão do que é o colectivo, a forma como trabalham em conjunto e a harmonia entre colegas são tudo pontos a favor.

BÓNUS- Michael Hooper | Reds – Waratahs| Ronda 10

Mais um setpiece try que vale a pena tomar em nota… Michael Hooper vai fazer de um “falso” falso, que surge bem a quebrar a linha.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS




Newsletter


Categorias


newsletter