21 Ago, 2017

A Previsível Final da Conferência Este

João FerreiraMaio 20, 20174min0

A Previsível Final da Conferência Este

João FerreiraMaio 20, 20174min0

É verdade que no final da 1ªRonda dos Playoffs havia uma certa dúvida para perceber até que ponto é que os Boston Celtics iam conseguir fazer frente aos Wizards. A verdade é que a equipa dos “irlandeses” passou no teste no 7ºjogo e está neste momento a disputar a Final da Conferência Este com os Cleveland Cavaliers.

Uma Final da Conferência Este já espera entre o 1º e 2º classificados da fase regular mas que tem tido um desequilíbrio abismal no toca ao jogo na essência da sua palavra com os Cavaliers a liderarem a série com 2-0.

É verdade que os Cavaliers não acabaram da melhor forma a fase regular com algumas derrotas que preocuparam os adeptos afectos à equipa. As  exibições eram pobres e sem atitude de equipa vencedora. No entanto tudo mudou quando começaram os playoffs. O clique deu se e a equipa assumiu se como candidata que é a chegar (pelo menos) à Final da NBA.

Os melhores bases a Este (Foto:Getty Images)

Para esta subida de rendimento há que destacar a consistência apresentada por Kevin Love que se tem revelado como um jogador essencial na manobra ofensiva da equipa lançando de 3 pontos com grande facilidade (algo que já nos havia habituado nos Timberwolves), mas também o maior entrosamento que existe entre vários jogadores que viram o plantel a crescer no período das trades com jogadores que vieram acrescentar tanto profundidade de suplentes como qualidade na rotação.

A série está decidida?

Sobre a série propriamente dita a equipa dos Celtics têm sentido grandes dificuldades para parar a avalanche ofensiva por parte da equipa de LeBron James. A débil condição física dos Verdes de Boston, que é consequência do pouco tempo de descanso que tiveram após a série a 7 jogos com os Wizards, bem como a dificuldade de Isaiah Thomas em fazer pontos ( no último jogo fez 2 pontos, também devido a uma lesão que o impossibilitou de jogar o jogo todo) são factores que influenciam uma série que se tem revelado bastante desnivelada e que ao final do 2º jogo parece já ter acabado.

A equipa não tem jogadores que neste momento, e contra uns Cleveland Cavaliers fortíssimos, consigam fazer a diferença. Jogadores como Marcus Smart, Al Horford ou mesmo até Isaiah Thomas não terão hipóteses de vencer os campeões da NBA, sendo que o único jogador que se tem mostrado capaz de os derrotar é Avery Bradley que se tem assumido como um dos jogadores mais importantes desta equipa. No entanto a equipa apenas tem de continuar o trabalho realizado sendo que daqui a 2/3 anos poderá ser capaz de fazer frente aos dominadores de Este.

Ninguém consegue parar LeBron James (Foto:Getty Images)

Por outro lado, os Cavaliers contam com uma equipa cada vez mais focada e orientada para um único objectivo: revalidar o título. Com a liderança de LeBron James( está numa fase da carreira em que começa a ser difícil de o descrever), e com a consistência apresentada por Kyrie e por Love, bem como também dos jogadores que partem do banco, Kyle Korver, Channing Frye, Derron Williams, entre outros, os Cleveland mostram se cada vez mais capazes de derrotar os super-favoritos Golden State Warriors numa final que já se espera que aconteça desde o início desta temporada.

Previsão: esperava que Boston fosse capaz de ganhar pelo menos um jogo em casa obrigando a um jogo 5, mas a verdade é que isso não aconteceu o reduz as minhas expectativas a que a série fique terminada já no jogo 4.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter