23 Nov, 2017

Os Europeus: Tiago Campos

João BastosJunho 26, 20174min0

Os Europeus: Tiago Campos

João BastosJunho 26, 20174min0

Com a convocatória da selecção portuguesa para os campeonatos da Europa de Juniores, o Fair Play inicia uma série de 13 artigos para apresentar os 13 nadadores presentes em Netanya (Israel)

O Meeting Internacional do Porto constituiu a última oportunidade para os nadadores juniores portugueses fazerem marcas de acesso aos Europeus do escalão. Com a selecção definida, iniciaremos o desfile dos nadadores que representarão Portugal no certame. Fá-lo-emos diariamente até dia 28 de Junho (primeiro dia de competições em Netanya) e por ordem alfabética.

Tiago Campos

Nome: Tiago Filipe Campos
Data de Nascimento: 16/03/1999
Clube: Clube de Natação de Rio Maior
Treinador: Nuno Ricardo
Provas: 200 e 400 metros livres, 50 metros mariposa e 400 metros estilos

Foto: Aqualoja

Historial

A sua carreira competitiva conta com 6 épocas e nessas 6 épocas representou 4 diferentes clubes, mudanças que não resultaram por vontade própria mas por circunstâncias de instabilidade dos próprios clubes.

Começou a nadar em representação do Scalabisport que posteriormente passou a ser Viver Santarém, mudando para o Scalabiswim e, esta época, chegou ao CNRM, clube com vários anos em actividade, onde o almeirinense parece ter encontrado a estabilidade necessária para exprimir o seu talento.

Tiago participou no seu primeiro zonal de infantis da zona sul na época 2011/2012, enquanto infantil-B. A sua melhor classificação foi um 8º lugar nos 100 metros mariposa. Nos nacionais a sua melhor classificação foi um duplo 11º lugar, nos 200 metros mariposa e nos 1500 metros livres.

Na categoria de infantil-A, melhorou uma posição à sua melhor classificação no torneio zonal da zona sul. Foi o 7º melhor infantil-A dos 200 metros mariposa, enquanto nos nacionais voltou a repetir o 11º lugar, mais uma vez nos 200 mariposa, a sua primeira especialidade da carreira.

Na categoria juvenil-B continuou a ser nos 200 mariposa que alcançou os seus melhores resultados: 10º lugar no zonal de juvenis e 6º lugar no nacional da categoria, posição que repetiu nos 400 metros estilos. Foi precisamente nesta última prova que obteve a sua melhor classificação nos nacionais do escalão. Voltou a ser 6º, mas desta vez entre juvenis A e B.

No ano seguinte, como juvenil-A, subiu mais um degrau na sua escada de evolução, ou seja, melhorou mais uma posição em relação ao ano anterior e foi 5º classificado no zonal da zona sul, desta vez numa prova que até aqui não era das suas principais apostas, os 200 metros livres. Foi também o 5º melhor juvenil-B a nível nacional, a sua mais “clássica” provas, os 200 metros mariposa.

Foi em juvenil-A que conseguiu o seu primeiro título nacional…mas não na natação pura. Foi na época 2014/2015 que Tiago Campos se começou a evidenciar na vertente que cada vez mais se afigura como a sua grande vocação: as águas abertas. Tiago foi campeão nacional dos 5 km.

No primeiro ano no escalão de juniores fez 5º lugar nos 400 metros livres nos campeonatos nacionais de juniores de piscina longa, no Jamor, onde se disputaram também os nacionais de absolutos onde a sua melhor classificação foi o 11º lugar nos 200 mariposa.

Apenas uma semana depois foi vice-campeão nacional júnior dos 5 km, em Peniche.

Chegamos à presente época, a primeira em Rio Maior, que arrancou logo com o primeiro pódio nacional em natação pura da carreira de Campos. Foi nos nacionais de juniores de piscina curta quando foi vice-campeão dos 200 livres.

Mas o ponto alto da época veio em Coimbra nos nacionais de juvenis, juniores, seniores e absolutos. Tiago Campos sagrou-se campeão nacional júnior dos 400 metros livres com o tempo de 4:01.21 que constituiu mínimo para os Campeonatos da Europa.

A sua progressão nas provas que nadará em Israel foi a seguinte:

Fonte: Swimrankings

Antevisão

Como se percebe pela lista dos seus melhores tempos, Tiago Campos tem tido uma evolução nos 200 e 400 livres mais acelerada nos últimos anos. O facto de esta época treinar em exclusivo em piscina longa beneficiou bastante o seu desempenho (neste momento tem melhor record pessoal nos 400 livres em longa do que em curta).

Já nos 50 mariposa e 400 estilos ainda não nadou este ano, pelo que se pode esperar dele recordes pessoais nos Europeus.

Por outro lado, aproxima-se uma fase intensa de competições entre a piscina e as provas de mar, com o apuramento para o europeu de juniores de águas abertas já garantido.

No que respeita aos 400 metros livres, Tiago começa a ver a barreira dos 4 minutos ao seu alcance para ser quebrada. Em termos de classificação, é uma das provas mais concorridas do programa. É o 32º melhor da start list, sendo o melhor dos 4 portugueses que nadarão essa prova.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS




Newsletter


Categorias


newsletter