23 Nov, 2017

Os Europeus: João Machado

João BastosJunho 20, 20174min0

Os Europeus: João Machado

João BastosJunho 20, 20174min0

Com a convocatória da selecção portuguesa para os campeonatos da Europa de Juniores, o Fair Play inicia uma série de 13 artigos para apresentar os 13 nadadores presentes em Netanya (Israel)

O Meeting Internacional do Porto constituiu a última oportunidade para os nadadores juniores portugueses fazerem marcas de acesso aos Europeus do escalão. Com a selecção definida, iniciaremos o desfile dos nadadores que representarão Portugal no certame. Fá-lo-emos diariamente até dia 28 de Junho (primeiro dia de competições em Netanya) e por ordem alfabética.

João Machado

Nome: João Daniel Machado
Data de Nascimento: 20 de Maio de 1999
Clube: Sociedade Filarmónica União Artística Piedense
Treinador: Ricardo Santos
Provas: 400 metros estilos

Foto: Facebook SFUAP – nadadores

Historial

Desde sempre que João Machado nada no histórico clube da Cova da Piedade. Esta época evoluiu bastante na sua melhor prova e assim conquistou a sua presença nos Europeus de Juniores.

Mas puxemos o filme atrás.

João Machado participou no zonal da zona sul, como infantil-B, em Março de 2012. Aí ficou à porta do pódio nos 100 costas, numa competição onde nadou costas, livres e bruços. No mesmo ano, nos campeonatos nacionais de infantis, o seu melhor resultado foi igualmente nos 100 costas com o 12º lugar.

No ano seguinte, voltou a ficar perto do pódio no zonal (5º lugar), mas desta vez nos 200 costas, e nos nacionais já melhorou um pouco as suas posições – fez 9º nos 100 costas e 10º nos 200.

Foi na categoria de juvenil-B que o seu nome começou a constar da lista de medalhados. Foi vice-campeão zonal das suas duas provas de eleição até então (100 e 200 costas), sofrendo posteriormente uma paragem que o impediu de participar no nacional de juvenis. No final do ano, no Open de Portugal, foi o segundo melhor juvenil-B na eliminatória.

Virando a época, na categoria de juvenil-A, João Machado continua com a sua trajectória ascendente. Foi nesta categoria que foi campeão zonal (nos 100 costas), sendo ainda medalhado de bronze nos 200 costas e 200 estilos, e foi também nesta categoria que alcançou o seu primeiro pódio nacional. Foi nos 200 costas no campeonato nacional de juvenis de categorias.

Em Julho do mesmo ano veio o primeiro título nacional. Assim como o título zonal, foi nos 100 costas, nos campeonatos nacionais de juvenis (escalão A+B). Ainda conseguiu o bronze nos 200 costas.

2015/2016 marca a sua entrada no escalão de juniores e marca também a introdução da prova de 400 metros estilos no seu menu de provas em campeonatos nacionais. Foi precisamente nessa prova que conseguiu a sua melhor posição nos campeonatos nacionais de Juniores (4º lugar), assim como nos campeonatos nacionais absolutos, onde venceu a final B.

Por esta altura já João Machado tinha deixado de ser um costista, dedicando-se às provas de fundo (400, 800 e 1500 livres) e estilos.

De degrau a degrau, o nadador piedense foi subindo na hierarquia da natação nacional e chegou a esta sua segunda época no escalão de juniores logo com o título dos 400 estilos em piscina curta e mais 3 vice-campeonatos.

Nos nacionais de juniores, em Coimbra, superou-se grandemente e conseguiu o mínimo para os Europeus, logo na eliminatória. 4:33.46, uma melhoria de mais de 4 segundos do seu record pessoal e ida para Israel garantida.

A sua progressão na prova que nadará em Israel foi a seguinte:

Fonte: Swimrankings

Antevisão

Como se percebe pelo historial do nadador da SFUAP, a sua evolução tem sido constante e nos últimos ano bastante acelerada. Na prova que nadará em Netanya já retirou praticamente 9 segundos este ano, depois de ter tirado 20 segundo o ano passado.

Por isso, melhorar o seu record pessoal deverá ser algo natural.

Com o seu melhor tempo, nos Europeus do ano passado seria 29º, mas nas duas edições anteriores ficaria no 19º, por isso antever objectivos de classificação não é fácil. Para João Machado será, certamente, melhorar o seu tempo e ver até onde chega.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS




Newsletter


Categorias


newsletter