19 Fev, 2018

Sporting Clube Portugal – Leão cada vez mais candidato

José NevesOutubro 16, 20174min0

Sporting Clube Portugal – Leão cada vez mais candidato

José NevesOutubro 16, 20174min0
Equipa verde e branca vem de um novo quarto lugar na temporada passada, para a nova época a aposta é no título de campeão nacional.

2016-17 foi uma época de forte aposta no clube leonino e a chegada de nomes como Pedro Gil, Sergi Miras e Ferran Font simbolizaram a clara aposta do Sporting no título de campeão nacional.

Mas o Sporting CP não apresentou a consistência necessária para fazer frente aos rivais, uma derrota frente ao Paço de Arcos na secretaria após um erro dos responsáveis sportinguistas na inscrição de um jogador na ficha de jogo, e o empate frente ao OC Barcelos por 6-6 após desperdiçar uma vantagem de 6-3 a pouco mais de 1 minuto do final da partida acabaram por ser fatais para as aspirações verde e brancas.

Na Europa o Sporting acabou por desiludir acabando eliminado na fase de grupos da liga europeia pelos catalães do Reus (que acabariam por conquistar o mais desejado troféu europeu) e pelos italianos do Forte Dei Marmi.

O fracasso europeu e a distância entre o Sporting CP e os seus mais directos adversários no campeonato acabariam por ditar a saída do técnico espanhol Guillem Perez, que havia chegado apenas no início da temporada. O eleito para o substituir foi Paulo Freitas, técnico do OC Barcelos.

 

Aposta ainda mais forte

Para a nova época o Sporting CP apresenta quatro caras novas que vêm aumentar o nível de qualidade do plantel e fazer dos leões ainda mais sérios candidatos ao título.

A mais sonante contratação, não só do Sporting mas do hóquei nacional, é a de Matías Platero, defesa/médio argentino que na temporada passada foi peça fundamental para o título europeu do Reus. Um dos melhores jogadores do Mundo na sua posição, trata-se claramente de uma enorme mais valia para a equipa de Paulo Freitas.

De Espanha chega também Toni Perez, avançado ex-Liceo da Corunha que na temporada passada marcou 21 golos na OK Liga espanhola. Um jogador interior que não terá no Sporting o papel determinante que desempenhou no Liceo, mas que será uma valiosa arma saída do banco para a turma de Alvalade.

Também do Liceo chega Henrique Magalhães, campeão da Europa por Portugal no ano passado, o defesa que esteve por empréstimo nos galegos pelo Sporting será uma peça importante no processo defensivo dos leões.

O quarto reforço que chega a Alvalade é Vitor Hugo, experiente jogador ex FC Porto é um avançado com grande capacidade de finalização e que poderá ser um jogador importante para desbloquear jogos contra equipas que joguem com bloco mais baixo e que consigam anular as principais individualidades leoninas.

Em sentido contrário estão André Centeno e Gonçalo Nunes, ambos são emprestados ao CD Paço de Arcos; Sergi Miras, que após uma época em Portugal regressa ao país vizinho e reforça o HC Liceo da Corunha; Poka, que reforça o Valongo; e o argentino Tuco que pendura os patins.

Num plantel onde se destaca Ângelo Girão, guarda redes titular da seleção portuguesa e que por vezes é um verdadeiro muro na baliza, têm também um papel importante Caio, experiente jogador que ganhou uma nova vida em Alvalade com Paulo Freitas e João Pinto, avançado internacional angolano que capitaneia a turma verde e branca.

Matías Platero foi a contratação mais sonante do defeso (fonte: HóqueiPT)

Podemos esperar um Sporting mais consistente e mais forte defensivamente com as chegadas de Platero e Magalhães. Na frente jogadores como Pedro Gil, Ferran Font e Toni Perez serão ameaças constantes às balizas adversárias. Esta época o Sporting CP é finalmente um claro candidato ao título, e poderá mesmo ser verde e branca a festa no final da temporada.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS




Newsletter


Categorias


newsletter