18 Ago, 2017

Vitória fácil para Rosberg

Luís PereiraAgosto 28, 20163min0

Vitória fácil para Rosberg

Luís PereiraAgosto 28, 20163min0

Vitória fácil para Rosberg em Spa, numa corrida com bastantes incidentes e ultrapassagens; Ricciardo aproveitou a confusão para chegar a 2º; Hamilton, com alguma sorte, faz enorme recuperação e chega a 3º; Alonso também faz grande recuperação, termina em 7º.

A corrida teve um início caótico, ao bom estilo de Spa. Logo na 1ª curva, um embate a três, entre Vettel, Raikkonen e Verstappen. Isto parecia ter deixado a corrida no bolso de Rosberg, já que os principais adversários tinham problemas. Só que Spa não deixa ninguém descansar, e logo de seguida, mais incidentes, o pneu traseiro do Toro Rosso de Carlos Sainz Jr explode e faz surgir o safety car virtual, antes de Pascal Wehrlein bater na traseira de Button, que faz os dois abandonar. Mas o pior ainda estava para vir. Kevin Magnussen perde o controlo do seu Renault na saída de Eau Rouge e bate em cheio num muro. Enorme dano no carro e nos muros de proteção, bandeira vermelha, mas felizmente, sem mal maior para o piloto.

A corrida recomeçou depois novamente atrás do safety car, mas com muitos pilotos a mudar de pneus, já que as regras o permitem. A partir daí a corrida ficou definitivamente na mão de Rosberg, que controlou a seu belo prazer a corrida. Enquanto isso, os vários embates entre Verstappen, que precisa de arrefecer a cabeça, e os Ferrari, iam animando uma corrida, com bastantes trocas de posições.

Quem conseguiu aproveitar a bandeira vermelha foram Hamilton e Alonso, que no meio da confusão chegaram a 4º e 5º lugares. Hamilton ainda conseguiu lutar até ao 3º lugar, atrás de Ricciardo que nunca deixou o britânico colocar esse lugar em perigo. Ricciardo cedo percebeu que não conseguia chegar ao 1º lugar, mas manteve o 2º lugar seguro. Mesmo “apenas” em 3º, Hamilton conseguiu um excelente resultado, pensando na classificação do campeonato.

Em 4º e 5º ficaram ambos os Force India, de Hulkenberg e Perez, num excelente resultado conjunto para a equipa. Atrás ficou Sebastian Vettel, que mostrou que o Ferrari até tinha bom andamento em Spa, mas depois dos incidentes da 1ª curva não mais teve hipótese de lutar pelo pódio.

Alonso, ainda rodou em 4º, mas não conseguiu aguentar o lugar, ficando-se pelo 7º lugar, que também mostra que a Honda está a fazer progressos. O espanhol ficou radiante de ter chegado aos pontos e logo numa pista onde o McLaren-Honda deveria ser fraco, ficando inclusive na frente dos Williams e do Ferrari de Kimi Raikkonen.

Com esta vitória, Rosberg está ainda mais próximo de Hamilton, e o campeonato mais intenso que nunca. A próxima paragem é na catedral da velocidade, em Monza, Itália. A Mercedes deverá manter a sua vantagem competitiva, com Hamilton e Rosberg a lutar taco a taco pelo tão esperado título.

Grande Prémio da Bélgica

formula1.com
formula1.com

 

Mundial de Pilotos

scoresway.com
scoresway.com


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter