23 Ago, 2017

Rosberg de novo no topo

Luís PereiraSetembro 18, 20163min0

Rosberg de novo no topo

Luís PereiraSetembro 18, 20163min0

Nico Rosberg volta à liderança do campeonato com a vitória no GP de Singapura; alemão dominou do início ao fim, mas ainda esteve sobre pressão no final; Ricciardo fica em 2º, mas ainda sonhou com a vitória; Hamilton, num fim de semana para esquecer, fica em 3º; Vettel recupera de último para 5º Mercedes apenas a 8 pontos do Campeonato de Construtores.

Nico Rosberg venceu e dominou o GP de Singapura e voltou ao topo à liderança do Mundial de Pilotos. Nico Rosberg arrancou bem, foi gerindo e aumentando o ritmo a seu belo prazer, mas no fim, quando Ricciardo puxou e pressionou bastante, foi capaz de ter ritmo suficiente para conseguir a vitória. Uma vitória tornada ainda mais saborosa por Rosberg saber que Hamilton, apesar de não ter tido qualquer problema mecânico, nunca chegou a ser uma ameaça, ficando-se pelo 3º lugar, longe de lutar pela vitória. Hamilton vai ter muito para repensar, já que foi claramente batido a nível de andamento.

Daniel Ricciardo, que tinha uma estratégia de pneus diferente, bem puxou pelo seu Red Bull, mas não foi o suficiente para o fazer chegar em 1º à bandeira de xadrez. Apesar de ainda ter assustado Rosberg no final, Ricciardo não teve voltas suficientes para ultrapassar o piloto da Mercedes.

A corrida começou com uma presença habitual em Singapura, com a entrada do safety car, porque houve um choque logo no arranque, que afetou destruiu o Force India de Hulkenberg. Este safety car acabou por ajudar muito Vettel, que partiu de último, já que lhe permitiu trocar a sua estratégia. Vettel teve um andamento fabuloso que o levou ao 5º lugar, logo atrás do colega de equipa, Kimi Raikkonen, em 4º.

Em 6º ficou Max Verstapen, que teve de lutar bastante para chegar a esse lugar, já que foi um dos prejudicados pela entrada do safety car, que ficou à frente de Fernando Alonso, numa excelente prestação do espanhol, numa pista onde a McLaren-Honda sentiu dificuldades.

O top10 ficou completo com a presença de Sergio Perez, o Force India sobrevivente, por Kvyat, a voltar aos pontos depois de 3 corridas “a seco” e por Magnunssen, que deu um pontinho e uma razão para a Renault sorrir.

Com esta vitória Rosberg chega às 22 vitórias no total, que o tornam no 13º piloto com mais vitórias, igualando Damon Hil. Já a Mercedes só precisa de 8 pontos para voltar a garantir o já esperado Campeonato de Construtores.

A F1 regressa dia 30 para o Grande Prémio da Malásia, em Sepang.

GRANDE PRÉMIO DE SINGAPURA

22248290-4664-4f93-b671-1a172eab89a4_800
(Foto: formula1.com)

 

CAMPEONATO DO MUNDO DE PILOTOS

a4e98e75-3ac7-46cc-88c8-e261eeebe84c_800
(Foto: formula1.com)


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter