18 Ago, 2017

Hamilton de novo na luta

Luís PereiraJunho 21, 20173min0

Hamilton de novo na luta

Luís PereiraJunho 21, 20173min0

Hamilton controla GP do Canadá, volta a ter um fim de semana “limpo”; Bottas fica em 2º e completa dobradinha da Mercedes; Ricciardo de novo no pódio, em 3º; Vettel faz recuperação fantástica e acaba em 4º.

Hamilton dominou o GP do Canadá, uma pista onde o britânico é habitualmente forte. Hamilton chegou à pole numa excelente volta de qualificação, mas sabe que as corridas nem sempre lhe têm saído de feição. No Canadá, no entanto, Hamilton dominou de ponta a ponta, e nunca pareceu se sentir sequer ameaçado por alguém.

Hamilton volta em forma

(foto: f1.com)

Hamilton conseguiu aproveitar para se aproximar pontualmente de Vettel, mas sabe que precisa de evitar fins de semana como em Mónaco ou na Rússia.

A completar um fim de semana perfeito da Mercedes, Bottas ficou em 2º lugar, para dar uma dobradinha deliciosa. A Mercedes tem tido mais dificuldades do que nos anos anteriores, e as melhorias trazidas para o Canadá trouxeram os resultados esperados. Mas ainda há muito para lutar, porque a Ferrari não ficou parada.

Daniel Ricciardo salvou o fim de semana da Red Bull, que parecia destinada a um 2º lugar, depois do fantástico arranque de Verstappen. A sorte não quis sorrir a Verstappen, que abandonou com problemas mecânicos, mas Ricciardo ainda conseguiu salvar o dia.

Mau dia da Ferrari, brilhante recuperação de Vettel

O dia não correu muito bem à Ferrari. Vettel foi um dos infelizes do arranque, já que ficou sem parte da sua asa dianteira, que o obrigou a parar cedo e fazer uma corrida de recuperação. A corrida de recuperação de Vettel foi sensacional, já que conseguiu terminar no 4º lugar, inclusive à frente de Raikkonen. Vettel perdeu alguns pontos de vantagem, mas a sua vantagem, 12 pontos, ainda é sólida.

Primeiros pontos para Stroll, McLaren-Honda nem tanto

Finalmente o estreante Lance Stroll conseguiu pontuar na F1, e logo na corrida “caseira”. Apesar de ter tido uma qualificação para esquecer, Stroll conseguiu aproveitar os problemas do arranque da corrida e elevou-se para lugares pontuáveis.

Já Alonso e a McLaren-Honda continuam na sua saga de desaires e problemas. Alonso fez uma corrida de muita luta, principalmente pelo défice que tinha em velocidade de ponta, nas retas, e estava, a quatro voltas do final, no último lugar pontuável. Depois, o já inevitável aconteceu, o motor Honda falhou e a McLaren não pontuou.

Os rumores de que há um divorcio à vista são cada vez mais fortes e já muitos esperam pelo inevitável anúncio de que para o ano será o regresso de uma parceria McLaren-Mercedes.

GRANDE PRÉMIO DO CANADÁ

(foto: f1.com)

O que se segue?

O próximo duelo entre Hamilton e Vettel vai ser nas ruas de Baku, no Azerbaijão. Naquele que é o circuito citadino mais rápido do calendário, tanto Hamilton como Vettel sabem que não se podem dar ao luzo de cometer erros, com as paredes ali tão perto. O nível está muito aproximado e não parece que algum deles vá conseguir fugir ao ponto de ficar destacado. Tudo ainda pode acontecer nesta temporada de Fórmula 1.

CAMPEONATO MUNDIAL DE PILOTOS

(foto: f1.com)

CAMPEONATO MUNDIAL DE CONSTRUTORES

(foto: f1.com)


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter