18 Dez, 2017

Season Report FP: Michael Matthews

Davide NevesDezembro 7, 20172min0

Season Report FP: Michael Matthews

Davide NevesDezembro 7, 20172min0
Em novo Season Report, o Fair Play analisa a época de Michael Matthews!

O verdadeiro foguete australiano. O homem que não tem medo de uma simples subida. O sprinter da Sunweb e líder da classificação por pontos do Tour. Senhoras e senhores, “Maical Mautius”!

Um início atribulado

Michael Matthews vence no Tour da Suíça.
Foto: VK/PN/Cor Vos

Matthews começou a época apenas em Março, no Paris-Nice. Aí, não fez melhor que um quarto lugar numa das 8 etapas que a prova francesa oferece. Uma semana depois, fica em 12º lugar na Milano-Sanremo, vencida por Kwiatkowski, de quem nós já falámos. Um 8º lugar na Gent-Wevelgem fechou o mês para o australiano.

Abril começou um bocado melhor. Na 1ª etapa da Volta ao País Basco, vence pela primeira vez na época. Iria fazer ainda um segundo lugar na etapa 4. Nas Clássicas das Ardenas, surpreende muita gente, ao ficar um 10º na Amstel Gold Race, e em 4ª na duríssima Liège-Bastogne-Liège. No pré-Tour, vence ainda uma etapa na Volta à Suíça.

Subir ao pódio nos Campos Elísios

No pódio em Paris. A imagem diz tudo.
(Foto: Twitter Michael Matthews)

O Tour começou e Michael Matthews ambicionava ser aquele que finalmente destronaria Peter Sagan da sua camisola verde. Mas o campeão do mundo não deixava, isto até ter sido desqualificado do Tour, depois do tão famoso incidente com Mark Cavendish. Marcel Kittel passava a ser o favorito à camisola, mas o alemão teve de desistir. Sobrava assim Michael Matthews que, com duas vitórias em duas etapas e dois pódios noutras duas assegurou a camisola para si, permitindo assim subir ao pódio da competição mais importante do calendário do ciclismo.

Até ao fim da época, Matthews venceu apenas a camisola de campeão do mundo de equipas, com a Sunweb. Um pódio na Clássica de Londres, outro na Clássica do Quebéc e ainda o pódio na prova individual do Campeonato do Mundo de Estrada. Um fim de época bom, a contrastar com o início. Para o ano, Matthews sonha manter a camisola verde do Tour. Mas não vai ser fácil…

 


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS




Posts recentes



Newsletter


Categorias


newsletter