21 Fev, 2018

Madeira Andebol SAD – Equipa surpresa ano após ano

João de MatosDezembro 1, 20173min0

Madeira Andebol SAD – Equipa surpresa ano após ano

João de MatosDezembro 1, 20173min0
Uma surpresa dos campeonatos nacionais de andebol é este Madeira Andebol SAD, que o Fair Play voltou a "visitar" para perceber o seu sucesso

Apesar da sua idade relativamente nova, o clube domina as competições nacionais femininas e consolidou a sua presença nas competições nacionais masculinas, lutando sempre por classificações que garantam acesso às competições europeias, tendo mesmo alcançado o título de campeão nacional de Andebol 1 em 2005.

A equipa de andebol masculina encontra-se em parceria com o Club Sport Marítimo desde 2016, utilizando as cores do clube de futebol invés das cores tradicionais do clube.

Na presente época o Madeira SAD situa-se na 7ª posição do campeonato nacional, apresentando o 4º melhor ataque e a 6ª defesa menos batida, tendo em conta que o campeonato é constituído por 14 equipas, podemos afirmar que o Madeira se situa a meio da tabela no que toca ao aspeto defensivo.

Hugo Lima, Fonte: AAM

O clube insular tem uma média de idade de 25 anos, é uma equipa que junta o sangue novo com jogadores entre os 18 e os 21 anos a fazerem parte do plantel sénior da equipa, e contando também com a experiência de jogadores muito bem cotados nacionalmente como o ex-capitão do Sporting Bruno Moreira e o poderosíssimo lateral esquerdo Elledy Semedo, que na época passada representou o Benfica.

Ex-Sporting Bruno Moreira, Fonte: Flávio Cabrita

A imagem do Madeira SAD esta época é um pouco difícil de decifrar, pois tem apresentado jogos muito equilibrados e vitórias expressivas e outras importantes, entre elas a vitória frente ao FC Porto na 2ª jornada do campeonato por 29-25.

Os insulares têm um bom jogo ofensivo apresentando uma média de golos marcados de 29 golos, sendo o melhor marcador da equipa e 3º no campeonato o lateral João Ferreira, com 66 golos marcados.

A equipa peca um pouco a nível defensivo, pois a sua média de golos sofridos situa-se muito próxima da média de golos marcados, 28 golos. Isto demonstra que o andebol praticado pelos pupilos de Paulo Fidalgo, é um andebol mais ofensivo e há imagem da equipa que defrontam, jogando muito bem e criando dificuldades às equipas teoricamente mais fortes e apresentando um andebol menos criativo e vistoso contra equipas de qualidade inferior.

Ano apos ano o Madeira SAD consegue reunir as condições necessárias para que a equipa conseguia chegar e lutar por lugares cimeiros, apresentando sempre um plantel jovem e com experiencia, contando sempre com jogadores prevenientes dos grandes a titulo de empréstimo, o que permite ao Madeira todos os anos manter o estatuto de equipa surpresa e a manter em conta, pois jogar no Pavilhão do Funchal é sempre um encontro muito complicado.

Paulo Fidalgo, Fonte: Flávio Cabrita


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS




Newsletter


Categorias


newsletter