19 Fev, 2018

3 prendas no sapatinho do Sporting: o sonho italiano e troca argentina

João CastroDezembro 24, 20178min0

3 prendas no sapatinho do Sporting: o sonho italiano e troca argentina

João CastroDezembro 24, 20178min0
O Fair Play compõe as listas de desejos dos adeptos dos 3 Grandes a começar pela equipa de Alvalade! 3 prendas no sapatinho do Sporting CP a conhecer

De prendas quase impossíveis a prendas bem mais reais…

O Sporting já deu aos seus adeptos uma série de prendas neste Natal:  Líder na liga NOS (juntamente com o Porto), líder no Futebol Feminino, Futsal, Hóquei, Andebol e em mais em uma série de modalidades.

No entanto e respeitando a tradição do Natal a bancada leonina tem direito a pedir umas prendinhas, colocando o sapatinho à espera do Pai Natal.

Reza a lenda que o Pai Natal até se vestia de verde no entanto e desde de 1931 com a publicidade de uma famosa marca de refrigerantes o Pai Natal passou a “equipar “ de vermelho, fica o meu reparo ao Pai Natal.

Passando do conto de Natal para a realidade, o Sporting para ter umas prendinhas vai ter que deixar ao Pai Natal algo em troca.

IURI MEDEIROS

Começamos por alguém que até tem qualidade enquanto jogador mas que necessita de ganhar mais maturidade e nesta altura falta-lhe experiência numa liga mais forte. A sua saída em Janeiro é quase certa e muito se fala no interesse do Génova no jogador. Falta saber se a sua saída passa por um empréstimo ou por uma venda em definitivo.

Provavelmente até passará por um empréstimo com opção de compra.

Será necessária a sua saída para dar espaço a um extremo pretendido por Jorge Jesus. Apesar do golo marcado na taça da liga, o melhor caminho para Iuri é ganhar maturidade competitiva fora de Portugal e regressar mais forte.

Que melhor que a liga italiana?

ALAN RUIZ

Pode ser decisivo para a chegada da primeira Prenda…um Extremo. O Argentino não esta numa boa fase e nesta altura o seu destino passa por uma saída em definitivo ou não do clube.

Muito se tem falado na polémica e no castigo aplicado pelo Sporting, da sua publicação de um Ferrari vermelho mas o que verdadeiramente interessa é o seu rendimento em campo. É consensual que Alan Ruiz neste momento é uma carta fora do baralho. Pouco ou nada tem trazido à equipa, exibições fracas e um empenho duvidoso em campo deixando muitos adeptos agastados com a diferença exibicional de uma época para a outra.

O destino mais provável de Alan Ruiz será Espanha ou Argentina (aqui pode existir algo fundamental para uma das prendas).

Se for para Espanha poderá passar por um empréstimo, pois é difícil “descobrir” uma equipa que pague neste momento os 8 Milhões pelo jogador. Uma ida para a Argentina pode resultar num excelente negócio para ambas as partes… a ver!

PETROVIC, JONATHAN SILVA E TOBIAS FIGUEIREDO

Estarão todos na porta de saída, alguns podem ser fundamentais para possíveis contratações (ver mais abaixo).

De igual forma, todos vão querer jogar mais pelo que as suas saídas serão praticamente certas.

Alan Ruiz no fio da navalha? (Foto: Lusa)

PAVÓN E LA LOUCURA 

Na Argentina existem duas grandes equipas onde jogam dois extremos apetecíveis para o Sporting. Pavón é um extremo habilidoso do Boca Juniors, para quem não o conhece ficam aqui as declarações de Leonel Messi sobre o seu compatriota.

Pavón pode ser um jogador muito importante para a nossa seleção pelas características que tem. Não é apenas rápido, também decide muito bem.”

Condições para aquisição:

Clausula de rescisão é muita alta, 25 Milhões que não esta ao alcance do Sporting CP.

Claro que é possível adquirir o jogador por menos e o negócio poderia ser feito com a cedência de dois jogadores, Alan Ruiz e Jonathan Silva (jogou no Boca por empréstimo).

O grande entrave ao negócio parece ser o desinteresse do Boca Juniors em Alan Ruiz.

Do outro lado da cidade (agora pois ambos clubes foram fundados no bairro de La Boca) reside o River Plate e lá joga um extremo desejado pelo Sporting e pelos adeptos leoninos de seu nome Gonzalo Martinez ( Pitty Martinez).

PITTY MARTÍNEZ – UM SONHO DE VERÃO…

Pitty Martinez (na foto de destaque) foi um namoro do verão leonino. É um daqueles namoros que corre tudo bem mas no final do verão temos que nos separar dele e voltar à realidade.
Esteve quase mas não foi possível resgatar o jogador e os Leões optaram por Marcos Acuña (Craque).

Mas Martinez tem uma refinada técnica individual sendo um jogador mais habilidoso que Acuña mas menos rigoroso nas marcações e nas ações coletivas da equipa. No entanto Jorge Jesus vê no jogador características únicas e gostaria de contar com o jogador no plantel.

Condições para aquisição:

Com uma cláusula de 18 Milhões não será fácil a sua chegada a Alvalade.
No entanto o Sporting pode trazer o Argentino comprando 60% do seu passe, mas surge aqui pelo meio a possibilidade de Alan Ruiz servir como moeda de troca, sendo bem visto pelos dirigentes argentinos.
Será um jogo de paciência entre Sporting e River Plate… quem ganha?

O REI MAGO PERDIDO EM LEICESTER… SLIMANI

O que dizer de Slimani? Um ídolo do Sporting, uma contratação tipo Football Manager, 300 mil euros por um jogador que iria render 30 Milhões de euros, que em 111 jogos pelo Sporting marcou 57 golos. Um atleta com uma garra fantástica que marca golos nos jogos grandes, que faz uma pressão incrível sobre os defesas, bem não teria tempo nem espaço para descrever o argelino.

Todos os adeptos leoninos querem Slimani de volta.

Motivos reais e presentes:

O jogador não joga no Leicester, quer jogar, quer recuperar a veia goleadora e está infeliz em Inglaterra.

Para o Sporting CPa atingir os objectivos delineados por todos é necessário alguém para substituir Bas Dost caso seja necessário pois não existe ninguém com características semelhantes. Sobretudo é fulcral ter alguém capaz de jogar ao lado de Bas Dost em alguns jogos e a dupla com o argelino seria uma dupla difícil de marcar e um pesadelo para qualquer central.

Condições para aquisição:

Empréstimo até ao final da época aproveitando a boa relação entre os clubes e a vontade do jogador em regressar a “casa”

A maior dificuldade passa pela elevada massa salarial do jogador.

JOÃO MÁRIO – O IMPOSSÍVEL RETORNO DO MAESTRO

Talvez aquela que é a prenda impossível: fazer regressar João Mário por 6 meses mas já que estamos em época natalícia os adeptos do Sporting CP bem podem pedir…

João Mário não está a ter vida fácil em Itália, apesar de algumas boas exibições e a qualidade individual, o jogador luso não é um titular absoluto no Inter.
O Sporting necessita de um médio, inteligente capaz de jogar e 8 ou mais a frente ou na ala e João Mário seria a cereja no topo do bolo.
Existem clubes interessados no craque, como o PSG, mas que dificilmente vão optar pela sua aquisição nesta janela de transferências.

Condições para aquisição:

Empréstimo por 6 meses

Jogador que jogar regularmente para poder ser chamado ao Mundial da Rússia em 2018 e vê com bons olhos o regresso a Alvalade e sabe que Jorge Jesus admira o seu futebol.

Maior dificuldade para o negócio são as contrapartidas para o clube italiano, massa salarial e valor pelo empréstimo.

Para convencer o Inter de Milão, o Sporting teria que fazer um grande esforço financeiro ou dar algo em troca…talvez uma preferência por algum jogador do plantel.

PRENDAS MAIS REAIS…

Existem bons jogadores que podem ser prendas bem mais reais e acessíveis para o Sporting.
Já se fala muito em Marcelo e João Novais (Rio Ave), mas podíamos falar igualmente de Afonso Figueiredo do (Stade Rennais), agora mais difícil com a decisão de Jesus de optar por Acuña para defesa esquerdo, de Raphinha (Vitória Sport Clube), de Paulinho ou Nakajima (Portimonense), Mokthar (FC Zwolle), Ezequiel Barco (Independiente), mas este estará a caminho da MLS.

Não faltam jogadores interessantes para reforçar o Sporting, há que continuar a boa política de contratações que tiveram (finalmente) no Verão e os sportinguistas podem ter boas possibilidade de “sonhar”.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS




Newsletter


Categorias


newsletter