19 Fev, 2018

Quem será o sucessor de Vítor Oliveira?

António Pereira RibeiroAgosto 5, 20174min0

Quem será o sucessor de Vítor Oliveira?

António Pereira RibeiroAgosto 5, 20174min0
Antevemos a nova temporada da Ledman Liga Pro, tendo como ponto de partida o histórico dos treinadores em prova.

A Ledman Liga Pro ficou recentemente órfã do técnico Vítor Oliveira, uma das figuras mais emblemáticas da história da competição, e há que encontrar um digno sucessor em 2017/18. Se somarmos as subidas ao primeiro escalão consumadas por todos os 20 treinadores da prova, o número total não chega nem perto da dezena de promoções conquistada pelo ‘rei das subidas’. Ainda assim, não é motivo para desistir de seguir a nova temporada da Ledman Liga Pro com atenção.

Sobre esse mesmo histórico de subidas, amplamente dominado por Vítor Oliveira, convém referir que o técnico em prova com mais ascensões à principal competição nacional de clubes é Toni Conceição. O novo líder do FC Penafiel averbou sucessos no CF Estrela da Amadora (03/04), CD Trofense (07/08) e Moreirense FC (13/14). O seu palmarés parte na frente dos restantes competidores, transformando desta forma o Penafiel num forte candidato à promoção. Os rubro-negros perderam o seu capitão de longa data, Pedro Ribeiro, mas viram a sua linha ofensiva fortemente reforçada. Fábio Abreu (CS Marítimo), Gleison (empréstimo FC Porto), e Caetano (Desp. Aves) foram as armas escolhidas para atacar o novo ano.

Para além de Toni Conceição, nenhum outro treinador em prova conseguiu subir de divisão mais do que uma vez. Jorge Costa (SC Olhanense – 08/09), Jorge Casquilha (Moreirense FC – 11/12), João Eusébio (Rio Ave FC – 07/08) e Paulo Alves (Gil Vicente FC – 10/11) são os quatro nomes que saborearam o feito por uma só ocasião, e vão certamente tentar mudar a estatística já em 2017/18.

Comecemos por Jorge Costa, que carrega a missão assumida de devolver o recém-despromovido Arouca FC ao primeiro escalão o mais rapidamente possível. Para tal, conta com um largo conjunto de futebolistas com experiência de Primeira Liga. Nuno Coelho, Bracali, André Santos, Cícero, Tomané, Kuca, Hugo Basto e Nuno Valente, todos eles já ultrapassaram a barreira individual dos 50 jogos na Primeira Liga. Com um treinador conhecedor dos meandros da competição, e uma série de jogadores capazes de oferecer garantias no imediato, os arouquenses têm assim todas as condições para confirmar a subida de divisão na presente temporada.

Mais discreta será a tarefa de Jorge Casquilha no Gil Vicente FC, com um plantel maioritariamente jovem, à excepção do reforço de peso Rui Miguel (Académica Coimbra). Um lugar na primeira metade da tabela classificativa será sinónimo de um ano positivo.

João Eusébio e Paulo Alves com o Varzim SC e U. Madeira, respectivamente, poderão surgir eventualmente como boas surpresas na competição. Depois da segunda volta espectacular protagonizada pelos povoenses na época transacta, será interessante perceber o que é que 2017/18 nos reserva. No caso dos madeirenses, chegou muito jogador jovem oriundo do Senegal que não convém perder de vista.

A Ledman Liga Pro não se reserva apenas a treinadores com experiência em subidas de divisão, e existem outras figuras que também almejam o seu lugar ao sol. O caso mais evidente é o de Costinha, apontado para comandar o CD Nacional, um ano depois da campanha decepcionante gizada ao serviço da Académica de Coimbra. Para já, a acção no mercado de transferências dos insulares tem sido relativamente discreta, sendo que os nomes mais sonantes a entrar novo plantel são Kaká (Académica Coimbra) e Diego Barcellos (Varzim SC).

Costinha deixou Coimbra, e a aposta para o novo treinador recaiu em Ivo Vieira, um dos principais responsáveis pela gloriosa campanha do Desp. Aves na última época, apesar de ter sido dispensado a meio de Fevereiro. Terá nova oportunidade num emblema que deseja ardentemente o regresso aos principais palcos futebolísticos nacionais. As contratações de Zé Tiago e de Nélson Pedroso, ambos oriundos do Desp. Aves, reflectem essa vontade. Os conimbricenses perfilam-se como indiscutíveis candidatos à subida de divisão.

A nova edição da Ledman Liga Pro tem o seu pontapé de saída já este Domingo, em Covilhã, com a recepção dos serranos ao Sporting B, pelas 11h15.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS




Newsletter


Categorias


newsletter