20 Out, 2017

As Crónicas de um Pastel de Belém – Parceria Entre-Linhas

Fair PlayDezembro 5, 20164min0

As Crónicas de um Pastel de Belém – Parceria Entre-Linhas

Fair PlayDezembro 5, 20164min0

O início de uma parceria entre o Fair Play e o Entre-Linhas. Para artigo de celebração de início de “sociedade” desportiva, o EL fez-nos chegar as suas “Crónicas de um Pastel de Belém”, que analisa o futebol do CF “Os Belenenses” através do olhar de Hugo Morgado.

Caros leitores,

Hoje serão mais, certamente, já que o Entre Linhas juntou-se ao Fair Play numa parceria em que tanto os nossos artigos como os do Fair Play, estarão disponibilizados nos dois blogues.

Vamos então ao derby desta semana entre o Estoril e o Belenenses.

Se olharmos ao momento de forma das duas equipas, era esperado um Estoril superior, principalmente a jogar em casa, facto que não aconteceu. O Belenenses assumiu o jogo desde o primeiro minuto e com o André Sousa à cabeça (mais um grande jogo diga-se), tentaram de todas as maneiras e feitios vencer.

Uma das coisas que tem faltado ao Belenenses é concretizar, porque oportunidades não têm faltado e com muita qualidade. É muito importante que se promova o regresso do Tiago Caeiro à equipa.

Outro momento do jogo é a entrada de Miguel Rosa, como se pode manter um Fábio Sturgeon em campo, que pouco ou nada faz a não ser correr com a bola e perdê-la e se mantém o Miguel no banco!

Como vem sendo habitual aqui vos deixo a minha pontuação para o jogo de ontem:

Tabela de Classificação (Foto: Entre-Linhas)
Tabela de Classificação (Foto: Entre-Linhas)

Joel Pereira – Não merecia ser castigado com este golo, tem sido um guarda-redes muito sólido para a tenra idade. Este golo ditou o empate final

João Diogo – Mais um bom jogo do João, esteve bem a defender e a atacar e ainda conseguiu sofrer um penalty

Florent Hanin – Um jogo mais discreto, para isso ajudou ter o Fábio à sua frente

Gonçalo Silva – Mais um grande jogo do Gonçalo, sempre no sítio certo a cortar os lances mais perigosos

Domingos Duarte – Mais um jogo seguro, a defesa do Belenenses está muito melhor este ano e isso deve-se a uma maior qualidade no eixo da defesa

João Palhinha – Mais um bom jogo, é um pêndulo no miolo, um poço de força

Belenenses-Estoril (Foto: Lusa)
Belenenses-Estoril (Foto: Lusa)

Vítor Gomes – Jogo pobre, errou muitos passes que tiveram de ser compensados por uma defesa muito competente

Fábio Sturgeon – Com o Miguel Rosa no banco, não me faz sentido ter o Fábio a titular, corre muito, às vezes demasiado para não ter qualquer efeito

Belenenses-Estoril (Foto: Lusa)
Belenenses-Estoril (Foto: Lusa)

Gerso – O irrequieto Gerso fez mais um bom jogo e mereceu a ovação do público que foi o dele a época passada, só por essa ovação se explica a sua substituição, porque faria mais sentido tirar o Fábio

anexo-iv
Foto: Lusa

Abel Camará – Correr, só, não chega, marcou um golo meio atabalhoado, mas marcou. Foi o capitão de equipa neste jogo, numa escolha curiosa

Miguel Rosa – O Maestro do Restelo, entrou e mexeu com o jogo. É inacreditável manter um jogador desta qualidade e que tanto traz à equipa “preso” no banco

Luís Silva – Entrar a 2 minutos do fim não dá para fazer nada, ou dá?

Andric – Entrou como o Luís Silva a 2 minutos do fim, dessa maneira não dá para fazer nada

Continuamos no bom caminho e importa referir que à 12 jornada o Belenenses tem menos jogos em casa do que fora, tendo totalizado 7 fora e 5 em casa, isso irá fazer a diferença no futuro. Neste momento estamos num tranquilo 10 lugar a 3 pontos do 6º lugar.

Classificação (Foto: Meus Resultados)
Classificação (Foto: Site Oficial da Primeira Liga)

assinatura


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter