18 Dez, 2017

Os 10 clubes com mais presenças na Liga Portuguesa

Daniel FariaNovembro 19, 20175min0

Os 10 clubes com mais presenças na Liga Portuguesa

Daniel FariaNovembro 19, 20175min0
Para além dos três grandes, existem clubes com presença assídua no principal escalão do futebol português. Desde que o campeonato começou a disputar-se em 1934/35, alguns emblemas foram fazendo o seu caminho, procurando ser um “habitué” na primeira liga.

Sporting, Benfica e Porto são naturalmente as equipas com mais presenças, totalizando os três 84 edições da I Liga. Com mais de 2000 jogos realizados, os três grandes são por isso os clubes desde sempre presentes na principal prova do futebol português, claramente um dado que não constitui qualquer surpresa para quem acompanha diariamente o desporto rei.

“Descendo” na tabela dos mais assíduos, depois dos três grandes, encontramos um histórico de Lisboa. O Belenenses. Com 77 presenças, é o clube que aparece depois de Sporting, Benfica e Porto, refletindo um estar habituado a figurar na ribalta do futebol português. Com cerca de 2123 jogos no total, o emblema da Cruz de Cristo é já um histórico em Portugal. Com uns percalços pelo meio, é certo, desde 2012/2013, o Belenenses ascendeu novamente à I Liga, realizando campeonatos estáveis desde então. O clube lisboeta caiu apenas 5 vezes para a II Liga, conseguindo sempre com relativa rapidez ascender novamente ao primeiro escalão do futebol português.

O Belenenses surge logo depois dos grandes em termos de presenças na Primeira Liga. (Foto: Lusa)

Seguidamente, no 5.º lugar da assiduidade em Portugal, está o Vitória Sport Club, ou simplesmente o Vitória de Guimarães (vitorianos “de gema” ignorem esta última designação). O Vitória possui 73 presenças na primeira liga, com mais de 2000 jogos realizados na prova – 2131 mais precisamente – sendo por isso um nome indissociável da competição. Desde 2007/2008 que não falha a presença na I Liga, aquando da despromoção à II Liga na época de 2006/2007, onde conseguiu de novo a promoção. Sempre com a Europa “na mira”, o emblema vitoriano é sem dúvida incontornável quando se aborda a assiduidade das equipas na Liga Portuguesa.

Logo depois, no 6.º lugar da tabela, surge outro Vitória. O de Setúbal. A coletividade sadina detém 70 participações na Liga, num total de 1981 partidas realizadas ao mais alto nível em Portugal. Desde 2004/05, têm estado sempre presentes, confirmando com maior ou menor dificuldade o estatuto de histórico do futebol português. Depois da descida em 2002/03 – o clube esteve por cinco ocasiões no escalão secundário em Portugal – o Vitória tem se empenhado por manter-se no convívio dos grandes, tarefa que tem sido conseguida na última década.

Continuando no escrutínio dos clubes mais presentes na Liga Portuguesa, surge a Académica de Coimbra, actualmente na II Liga. Em números: a Académica “apareceu” por 64 ocasiões no principal campeonato português, algo ao alcance de poucos emblemas em Portugal. Ausente da Primeira Liga desde a época de 2015/2016, os conimbricenses têm procurado regressar ao convívio dos grandes, no sempre competitivo campeonato da II Liga. Para já, estão em 6.º lugar, com 13 pontos.

Com 62 presenças, em 8.º na tabela dos mais presentes, surge o Sporting Clube de Braga. 1865 jogos distribuídos por mais de seis dezenas de campeonatos refletem o estatuto do clube em Portugal, que tem crescido a olhos vistos nos últimos anos, chegando até a estar perto do título nacional, quando discutiu o mesmo com o Benfica. Para além disso, chegou à final europeia Portuguesa, na Liga Europa, frente ao Porto. Um clube com história na Liga, que quer se impor nas competições europeias, é a radiografia que se pode fazer actualmente do emblema minhoto. Desde 1975, o clube tem estado sempre presente na Liga.

O Braga tem crescido muito nos últimos anos, consolidando a sua posição na Liga. (Foto: JL)

Quase a fechar este “top-10” está o Boavista. Depois de tempos conturbados, os “axadrezados” estão apostados em reafirmar-se no panorama futebolístico nacional. O campeão nacional em 2001, regressou em 2014 à competição, cumprindo a sua 4.ª época seguida na Liga. Procurando o fulgor dos outros tempos – embora sem as condições de outrora – o Boavista trabalha na sua revitalização, depois de um período delicado da sua história, procurando estabilizar-se na Liga. Os “axadrezados” contam com um total de 55 presenças, tendo realizado 1647 jogos.

Por fim, chega-se ao 10.º lugar na “tabela da assiduidade”. A tarefa de encerrar o quadro, cabe ao Club Sport Marítimo. Os madeirenses, com 38 presenças, são também um emblema já habitual nas andanças do futebol nacional. Com a presença consolidada na Liga – sempre presentes desde 1985/86 – os “leões madeirenses” têm apostado com frequência na qualificação para as competições europeias, procurando também esbater um pouco o peso da insularidade com as receitas que advém da participação nas provas da UEFA. Com 1221 jogos na Liga Portuguesa, o Marítimo é o 10.º clube com mais presenças no principal campeonato português, encerrando assim o “top-10” dos clubes mais regulares no que toca a presenças na Primeira Liga.

O Club Sport Marítimo é o mais presente em termos de clubes insulares. (Foto: Lusa)


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS




Posts recentes



Newsletter


Categorias


newsletter