18 Dez, 2017

Cinco talentos do Continente Sul-Americano

Diogo AlvesNovembro 7, 20174min0

Cinco talentos do Continente Sul-Americano

Diogo AlvesNovembro 7, 20174min0
O Fair-Play elegeu cinco pérolas do continente sul-americano que estão em destaque e prometem ser em 2018 as estrelas emergentes do futebol mundial. Do Brasil, à Argentina, passando pela Venezuela.

O continente sul-americano é um dos mais ricos em termos de jovens promessas para o futebol Mundial. Daria para fazer uma lista com mais de 20 nomes prontos a saltar para a Europa, e, outros que, ainda não estando prontos, seriam nomes a considerar.

Vinicius Jr. // Flamengo // 17 // Avançado

Já muito falado e conhecido do público em geral, Vinicus Júnior é uma das novas caras do futebol jovem brasileiro e sul-americano, o ainda internacional Sub-17 já tem contrato com o Real Madrid assinado e viajará para a capital de Espanha em 2019, quando já for maior de idade. Até lá ficará no Flamengo a evoluir e a engordar os seus números no clube da sua formação.

Extremo-esquerdo com grande capacidade drible, rápido e com uma boa capacidade física. Ainda que somente com 17 anos, o jovem de São Paulo demonstra uma boa capacidade mental para jogar já entre os graúdos da Serie A do Brasil. Terá agora de aprender os fundamentos do jogo, aperfeiçoá-los e perceber melhor os momentos do jogo para não cometer tantos erros nas tomadas de decisão. Entre os graúdos a capacidade física (sobretudo a velocidade) já não lhe vale tanto. Restará agora continuar a somar minutos e jogos para chegar a Madrid (ainda mais) maduro e pronto a competir numa Liga dos Campeões.

Ezequiel Barco // Independiente // 18 // Médio-Ofensivo

O pequeno Ezequiel Barco estreou-se com 17 anos na equipa principal do Independiente, e, desde a sua estreia até aos dias de hoje por lá permaneceu. Sendo hoje um dos titulares indiscutíveis da equipa de Ariel Holán. Com um centro de gravidade baixo (apenas 1,67m), o rosarino joga predominantemente pela esquerda onde utiliza o seu pé direito para flectir para zonas interiores, a sua velocidade deslocamento e de execução fazem toda a diferença. Grande capacidade drible para fugir aos choques com os defesas mais fortes são também uma imagem de marca deste jovem que precisará de ser mais consistência e adicionar mais golos e assistências ao seu portfólio. Tem todas as condições para ser um dos grandes da Argentina.

Lautaro Martínez // Racing // 19 // Avançado

O avançado do Racing Avellaneda, já por aqui mencionado, é também um dos nomes em destaque. Falado para o FC Porto, no último verão, o destino do argentino passará pelo Atlético Madrid no futuro próximo. Rápido, móvel e com faro pelo golo, este avançado é um dos grandes talentos emergentes. Cínico na forma como se posiciona e depois ataca o espaço para ganhar o duelo com o adversário. O futuro promete ser risonho para este jovem goleador.

Wuilker Fariñez // Caracas // 19 // Guarda-Redes

Um das figuras da Venezuela no último Mundial Sub-20, Fariñez já é internacional absoluto pela selecção venezuelana. Tendo já contrato alinhavado com o Millonários da Colômbia, o jovem guarda-redes no verão passado chegou a ser apontado à baliza do SL Benfica. De uma enorme serenidade entre os postes, este guardião é muito ágil, com uma boa capacidade de reacção aos disparos contrários e sabe tornar a baliza mais pequena para os avançados. Muito bom debaixo dos postes, terá de evoluir com os pés e nas saídas.

Maximiliano Romero // Vélez // 18 // Avançado

Tem sido uma das grandes revelações da Super Liga 2017/18 da Argentina, este avançado do Vélez é muito forte fisicamente e também bastante rápido. Com uma boa capacidade para se desmarcar perante os defesas, é também cínico na forma como escapa às marcações e surge sozinho para o golo. Revela frieza na finalização. É um dos jogadores mais aguardados para esta época, estando já na equipa A do Vélez desde os 16 anos de idade, agora parece determinado a passar de surpresa a confirmação. Para já 4 golos em 8 jogos.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS




Posts recentes



Newsletter


Categorias


newsletter