19 Fev, 2018

[TOP-10] 400 metros estilos femininos

João BastosSetembro 3, 20171min0

[TOP-10] 400 metros estilos femininos

João BastosSetembro 3, 20171min0
Termina a série dos 10 melhores portugueses em cada prova. No último top-10, a terceira liderança para Victoria Kaminskaya

Já entrados no mês de Setembro, o Fair Play continua a série dos 10 melhores portugueses em cada prova de natação. Serão considerados apenas os tempos obtidos em piscina longa. Terminamos a série com os 400 metros estilos femininos


Chegamos ao fim da apresentação dos 10 melhores nadadores nacionais em todas as provas do calendário da natação pura em piscina longa. E terminamos com um dos tops onde a liderança é mais demarcada. Victoria Kaminskaya é a recordista nacional com 4:40.11, feitos este ano, uma marca que a deixa na liderança do ranking nacional com mais de 9 segundos de vantagem.

Se sobre Sara Oliveira nos 100 mariposa dissemos que estabeleceria o record nacional com qualquer uma das suas 24 melhores marcas, sobre Victoria Kaminskaya podemos constatar que está a uma marca desse registo, ou seja, Victoria nadou 23 vezes num tempo melhor do da segunda melhor portuguesa de sempre (Diana Durães), a diferença para Sara é que Victoria ainda tem muitos anos de carreira pela frente.

Algumas notas sobre o top-10 dos 400 metros estilos femininos:

  • Todas as nadadoras do top-10 nadaram abaixo dos 5 minutos (no total foram 17 portuguesas a fazê-lo), mas só duas nadaram abaixo de 4’50;
  • A júnior de primeiro, Inês Rocha, foi a nova entrada do ano no top. Victoria Kaminskaya também estabeleceu novo record pessoal (e nacional, obviamente), este ano (por duas vezes);
  • A nadadora mais velha do top é Petra Chaves (39 anos);
  • A nadadora mais nova do top é Inês Rocha (16 anos);
  • Jamor (com duas marcas) é a piscina com o maior número de melhores tempos lá feitos.

Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS




Newsletter


Categorias


newsletter