18 Ago, 2017

FP Scouting – Tomasz Kedziora

Francisco da SilvaDezembro 27, 20165min0

FP Scouting – Tomasz Kedziora

Francisco da SilvaDezembro 27, 20165min0

Longe dos olhares mais atentos do futebol português, emerge em solo polaco um dos laterais direitos mais promissores do continente europeu. Aos 22 anos, Tomasz Kedziora é uma das principais figuras do Lech Poznan e da Ekstraklasa, acumulando cada vez mais interessados nos seus préstimos. Conheça melhor o perfil deste talento polaco através do ‘FP Scouting’, rubrica desenvolvida em colaboração com a Talent Spy.

Tomasz Kedziora é o rosto perfeito de uma geração de talentos polacos que está a crescer e promete colocar a Polónia no mapa futebolístico europeu. Aos 22 anos, Kedziora já conquistou a Ekstraklasa, quer pela sua qualidade quer pela sua entrega ao jogo, tornando-se hoje um dos alvos mais apetecíveis da primeira liga polaca e o principal candidato a suceder Lukasz Piszczek na seleção da Polska.

O percurso do jovem natural de Sulechow iniciou-se no modesto Zielona Gora, onde permaneceu cerca de 10 temporadas. De seguida, veio o salto para Poznan onde viria a completar a sua formação futebolística no colosso Lech. Apesar de ter feito parte do plantel do Lech Poznan a partir de 2011/2012, a sua estreia com a camisola dos Kolejorz só aconteceu na época seguinte numa pré-eliminatória da Liga Europa. Durante a temporada 2012/2013, Kedziora foi tendo pontualmente minutos no conjunto então orientado por Mariusz Rumak, porém, sem grande evidência. O ano seguinte foi bastante complicado, nomeadamente, devido a vários problemas físicos que afetaram o homem de Sulechow, impedindo assim a sua afirmação. Contudo, apesar dos vários jogos perdidos ao longo da época, Kedziora protagonizou uma boa reta final e agarrou o lugar na equipa.

A temporada 2014/2015 iniciou e terminou com Kedziora como dono e senhor do lado direito da defensiva dos Kolejorz. Só na Ekstraklasa, o polaco esteve presente em 35 jogos, tendo somado ainda 3 golos e 5 assistências. Registo notável para um jovem com apenas 21 anos. Às performances individuais, Kedziora juntou ainda o título de campeão polaco e a supertaça da Polónia no ano seguinte. A partir daqui, o jovem lateral assumiu-se como um dos principais ativos do Lech Poznan, bastante cobiçado por clubes ingleses e alemães. A época seguinte não foi famosa, bem à imagem da época discreta do próprio clube, no entanto, Kedziora tem renascido na presente temporada.

Percurso de Kedziora | Soccerway
Percurso de Kedziora | Fonte: Soccerway

A temporada 2016/17 tem sido aproveitada por Kedziora para voltar à sua melhor forma. Até ao momento, o lateral polaco ainda não falhou um único minuto, assumindo-se como uma das figuras de proa do conjunto de Poznan na Ekstraklasa. Um dos momentos mais marcantes da presente época aconteceu no final do mês de Outubro, quando Kedziora envergou pela primeira vez a braçadeira de capitão pelo Lech Poznan.

Toda esta performance assinalável de Kedziora só é possível devido às suas características físicas. O jovem de 22 anos é um jogador bastante disponível ao longo de todo o jogo, sendo bastante habitual vê-lo a correr intensamente de lés a lés durante os 90 minutos. Em complemento à sua disponibilidade, Kedziora incorpora-se facilmente no ataque, conferindo assim dinâmica e equilíbrio ao flanco direito. Por outro lado, além de ser um jogador bastante comprometido com as tarefas mais recuadas, Kedziora pode jogar no lado direito ou esquerdo (com menor qualidade), consoante as necessidades da equipa. Ainda no aspeto defensivo, o lateral polaco é um jogador forte nos duelos aéreos, fruto da sua boa estatura, e com uma capacidade de desarme acima da média, o que o torna uma barreira difícil de ultrapassar.

Em linha com a sua idade, Kedziora ainda tem algumas arestas para limar, nomeadamente na vertente defensiva. O lateral direito do Lech Poznan precisa de domar a sua impetuosidade, própria da idade, que o torna atualmente um jogador algo faltoso. Também ao nível do posicionamento tático, Kedziora precisa de ler melhor a sua posição no terreno, quer na coordenação com os restantes elementos da linha defensiva, quer nos momentos de inferioridade numérica onde deve melhorar a sua ocupação de espaços.

BOA OPÇÃO PARA…

Sporting CP – O grande handicap da equipa de Jesus tem sido as laterais, nesse sentido, pelas suas características físicas e pelo seu potencial, Kedziora podia ser parte da solução na ala direita leonina. Ao 1,83m de altura, o polaco combina disponibilidade física e capacidade de choque, tal como JJ gosta. Uma parceria Kedziora-Gelson seria bem vista e teria todos os ingredientes para ser bem sucedida, nomeadamente tendo em conta a intensidade, cadência e juventude dos 2 elementos.

Augsburgo – A Bundesliga é um dos mercados que mais importa talento polaco, assim, tendo em vista a sucessão do veterano Verhaegh, Kedziora seria uma boa solução para o médio e longo prazo. O ritmo competitivo da Bundesliga é bem mais elevado do que a Ekstraklasa, porém, a entrega e a capacidade física do lateral de 22 anos facilitariam a sua adaptação a um grau de exigência superior.

 


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter